terça-feira, 11 de agosto de 2015

Plutão em Câncer no Mapa Natal, por Adrian Ross Duncan

Plutão descreve uma órbita irregular em volta do Sol, que dura
cerca de 248 anos. Quando está mais próximo do Sol, demora
apenas 12 anos para atravessar um signo. Quando está mais
afastado, esse trânsito demora perto de 30 anos.
Coletivamente, sua influência é sentida a um nível muito
profundo na sociedade, gerando trauma, transformação e
renovação em relação ao signo em que se encontra. Os
indivíduos com seu Ascendente em Escorpião podem
expressar essa influência de modo pessoal. De contrário seu
efeito se expressará como uma influência subjacente sobre
uma geração inteira.

Plutão esteve em Câncer de 1669 a 1693 e novamente nesse
signo de 1914 a 1939. Historicamente, esta influência traz
enorme perturbação e turbulência, tanto no que diz respeito à
identidade nacional quanto à familiar. Os países se uniam
através de patriotismo fanático e os estados tendiam a assumir
as funções da família. Havia grande enfoque sobre a
maternidade e ergueram-se movimentos encastrados fundo na
sociedade com a intenção de mudar totalmente o papel das
mulheres. Muitas reformas ambientais foram feitas nessas
duas épocas, bem como novos programas de assistência,
relacionados com nutrição e desenvolvimento infantil.
Questões emocionais profundas, acumuladas no passado,
vieram dominar as psiques nacionais.

Se você canalizar essa influência para sua vida pessoal, terá
consciência das emoções profundas que formam a base do
seu caráter e haverá muitos períodos de sua vida em que a
ruptura dos vínculos emocionais, em particular os que se
relacionam com a família, lhe trarão uma reavaliação
emocional extremamente importante. Interesses culturais,
religiosos ou filosóficos - especialmente em relação ao
passado distante - podem fazer parte de seus alicerces
emocionais. As pessoas podem achar você uma pessoa
exigente do ponto de vista emocional, em particular no que
respeita a lealdade incondicional. Você vai desenvolver, ao
longo de sua vida, uma profunda introspecção da sua natureza
emocional.