sábado, 17 de abril de 2010

Plutão em Libra no Mapa Natal, por Adrian Ross Duncan

Plutão tem uma órbita irregular em volta do Sol, que dura cerca
de 248 anos. Quando está mais próximo do Sol, demora
apenas 12 anos para atravessar um signo. Quando está mais
afastado, esse trânsito demora perto de 30 anos.
Coletivamente, sua influência é sentida a um nível muito
profundo na sociedade, gerando trauma, transformação e
renovação em relação ao signo em que se encontra. Os
indivíduos com seu Ascendente em Escorpião podem
expressar essa influência de modo pessoal. De contrário, seu
efeito se expressará como uma influência subjacente sobre
uma geração inteira.

Plutão estava em Libra entre 1725 e 1738, tendo estado de
novo entre 1971 e 1984. Mudanças da maior importância nas
relações humanas tiveram lugar nesses momentos. As formas
geralmente aceitas de parceria entre um homem e uma mulher
e a instituição do casamento foram desafiados por uma
necessidade coletiva de maior equilíbrio e pela restauração da
igualdade. Na política, foi a era do equilíbrio do poder, com
uma ameaça de destruição subjacente. Na área social, as
pessoas encontraram novas maneiras de se relacionarem,
acabando com tabus e preconceitos. As idéias novas sobre o
que é certo e errado levaram à destruição de uma harmonia
social que, antes, tinha sido baseada na exploração.

Se puder canalizar essa influência coletiva para sua vida
pessoal, estará muito preocupado com seus relacionamentos e
eles serão a origem de intensa agitação privada. Você pode se
sentir chamado a remediar, de qualquer modo, as injustiças,
assim como tem inclinação para ser duro e impiedoso em seu
julgamento, chegando até ao ponto de se arriscar à alienação
social. Um relacionamento muito profundo, além da
necessidade de cortar laços que julgava impossível desatar,
pode formar o pano de fundo da mais importante
transformação em sua vida.