quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Mercúrio em Sextil com Saturno no Mapa Natal, por Adrian Ross Duncan

Você tem uma mente lógica e disciplinada e capacidades
especiais para trabalhar com sistemas e tarefas que exijam
paciência durante longos períodos. Você prefere obedecer a
regras e métodos estabelecidos, mas se for preciso pode
aplicar a sua mente a qualquer tarefa de modo muito
consciencioso. Você não gosta de dar asas à imaginação - é
do tipo de pessoa que lê cuidadosamente as instruções dos
manuais. Isto pode torná-lo um pouco inflexível com relação a
novos métodos. Além disso, a sua admirável atenção detalhista
pode impedir-lhe de adquirir uma perspectiva global. Na
primeira fase de sua vida profissional pode sentir-se
mentalmente inferior e assim ter uma boa formação adicional,
para adquirir constantemente novas capacidades.

Você é super sensível a inteligência e tem tendência a
trabalhar duplamente para provar-se a si mesmo e aos demais
que pode corresponder às expectativas intelectuais. Como se
esforça muito para desenvolver sua mente, pode tornar-se um
expoente no domínio escolhido. No entanto, em relações
pessoais pode tornar-se muito defensivo quando é mal
entendido e em situações em que tenta entender outra pessoa
pode ocorrer um bloqueio mental, porque você envida esforços
de auto-consciência demasiados no processo. Os
relacionamentos seriam grandemente beneficiados se fosse
mais descontraído a esse respeito. Reluta em admitir quando
não compreende, o que pode conduzir a uma situação
progressiva de mal-entendidos. Você também se atém a
detalhes e pode ser frustrantemente pedante. Assim, seu estilo
formal tende a entravar a espontaneidade mental. Muitos dos
problemas referentes a comunicação aumentam em torno dos
30 anos, à medida que percebe que comunicação não é
competição, mas um processo de vaivém, no qual a
compreensão traz benefícios mútuos.

Provavelmente experimentou quando era criança vários
episódios que minaram a sua confiança mental. Isso pode ter
conexão com irmãos ou irmãs que você sentia que obtinham
melhores resultados escolares, ou com experiências na escola
ligadas a professoras (ou professores) ou a alunos, nas quais
você se sentiu mentalmente exposto ou de algum modo
ridicularizado. Seja qual for a causa, o medo de não ser capaz
de entender os fatos pode constituir um bloqueio mental que
age como uma barreira na comunicação. Fazer um esforço
excessivo para entender pode impedir você de aprender.
Algumas pessoas com este aspecto entram em pânico quando
lhes são cobradas exigências de natureza mental, outras
desenvolvem uma espantosa autodisciplina mental e
determinação de fazer progressos em sua educação. Por
vezes as pessoas interrompem a sua educação, não chegando
até um nível adiantado, por causa de certa falta de fé nos
resultados e, se for este o caso, você pode se encontrar
retomando a sua educação de novo, quando chegar aos trinta
e tal anos de idade. No entanto, existe um perigo em reunir
informação e aprender fatos e números só por amor do ato de
aprender. Concentrar-se demasiado nos detalhes impedirá
você de ver a floresta por causa das árvores. Chega um certo
ponto em que é importante deixar de lado a teoria e pôr em
prática o que foi aprendido. Quando você conseguir superar a
sua falta de confiança mental, poderá se tornar um modelo de
clareza e de eficiência intelectual.