terça-feira, 2 de agosto de 2016

Graus de Aquário, por Dane Rudhyar



AQUÁRIO    XXI. O MOMENTO DA DEFENSIVIDADE

1° VELHA MISSÃO DE ADOBE SE ANINHA NAS MONTANHAS MARRONS DA CALIFÓRNIA
Domínio do ser humano sobre o meio ambiente ao se tornar parte integrante dele. Reconhecimento de valores estabelecidos. Impressionabilidade.

2° TEMPESTADE INESPERADA ALIVIA CAMPOS QUEIMADOS
Libertação de condições adversas através de desenvolvimentos espetaculares violentos. Galvanização à ação. Visitação cósmica.

3° UM DESERTOR PERCEBE REPENTINAMENTE A FALSIDADE DE SUA CONDUTA
Capacidade de resgatar a experiência passada e fazê-la valer. Autoexame penetrante. Novo destemor despertado. Decisão.

4° UM HINDU PANDITA REVELA-SE REPENTINAMENTE, UM GRANDE CURADOR   
Supremacia das faculdades insuspeitadas escondidas profundamente no interior. Uso consciente de poder divino. Revelação do si-mesmo.

5° UM LÍDER MUNDIAL É VISTO SENDO GUIADO PELOS ESPÍRITOS DE SEUS ANCESTRAIS
A rica herança ancestral de cada indivíduo, que é a base mais forte do caráter. Inspiração direta, real.

6° NUM RITUAL ALEGÓRICO DE MISTÉRIO, UM HOMEM CELEBRA SOZINHO
Impulso compulsivo de toda alma de expressar o desconhecido e o mais-que-físico. Sensibilidade a propósitos elevados. Conflito.

7° FORA DO OVO CÓSMICO, A VIDA NASCE FRESCA E VIRGINAL
Nova atuação de esforço pelo poder de propósitos não realizados. Autoexpressão além de todas as expectativas. Proteção espiritual.

8° FIGURAS DE CERA MOSTRAM BELAS VESTIMENTAS EM VITRINAS DE LOJA
Necessidade de demonstração pública de virtudes e padrões de vida. Exteriorização de valor, para que possa ser dividido com outros.

9° EM MEDITAÇÃO, É VISTA UMA BANDEIRA QUE SE TRANSFORMA NUMA ÁGUIA
Processo da realização espiritual quando progride de padrões exteriores para padrões interiores. Renascimento ou rebelião contra trabalhos penosos.

10° INTOCADO PELA POPULARIDADE, AGORA DECRESCENTE, UM HOMEM VOLTA A PLANEJAR
Capacidade de elevar-se acima das vicissitudes da sorte que passa. Fé em si próprio. Dependência de dotes inatos. Projeção.

11° ARTISTA, AFASTADO DO MUNDO, RECEBE NOVA INSPIRAÇÃO
O poder criativo do homem: seu relacionamento com comportamento social. Autocristalização numa forma de poder; ou, então, autoexploração.

12° A GRANDE ESCADA DA VIDA: CADA PATAMAR, UM NOVO GRAU DE VIDA
Pontos de pausa e transição, em que a alma pode avaliar seu progresso. Esforço graduado. Necessidade de separação do passado.

13° UM BARÔMETRO PENDURADO SOB O PÓRTICO DE UMA TRANQUILA HOSPEDARIA RURAL
Ponto privilegiado de consciência, em que a vida pode ser observada e medida em paz. Recolhimento interno de uma alma em busca de verdade.

14° NUMA SUBIDA ÍNGREME, UM TÚNEL OFERECE O CAMINHO MAIS CURTO PARA UM TREM
O caminho interior para o sucesso exterior. Alívio seguro para o trabalhador disposto a enfrentar os fatos. Penetração e realização direta.

15° DOIS PERIQUITOS CANTAM NUMA CERCA SUA FELICIDADE PURA
Contagiosidade da felicidade em associações humanas. Revelação de realidade construtiva. Radiação de fé espontânea.

AQUÁRIO    XXII. O MOMENTO DA PERSPECTIVA

16° ADMINISTRADOR DE NEGÓCIOS ESTUDA EM SUA MESA UM PROJETO COMPLEXO
O controle central de operações necessário em todo empreendimento organizado. A função da cabeça. Segurança na decisão. Administração.

17° CÃO DE GUARDA ATENTO ENQUANTO MINERADOR DE OURO DORME PERTO DA SUA MINA
Faculdades protetoras nascentes em todas as pessoas quando se ajustam a novas condições. Organização competente de assuntos.

18° NO BAILE DE MÁSCARAS, O ÚLTIMO HOMEM TIRA A MÁSCARA, INCITADO PELAS GAROTAS
O desejo do introvertido de proteger-se do julgamento social. Aferrar-se à autoavaliação. Conservação de experiência.

19° DOMINADO UM INCÊNDIO DE FLORESTA, OS BOMBEIROS CANSADOS SENTEM-SE JUBILOSOS
Exagero dos problemas da vida, que revela ao homem sua real estatura e a expande. Desafio impaciente. Ascendência.

20° POMBA BRANCA CIRCULA NO ALTO; DESCE, TRAZENDO UMA MENSAGEM
A bênção que o "Espírito Santo" do significado revelado dá a todos os esforços. Exaltação de todos os esforços individuais. Celebridade.

21° UMA MULHER ESTÁ DESAPONTADA, ENQUANTO UM HOMEM DEIXA SEU QUARTO
Capitalização do infortúnio através do qual se ganha justificação espiritual. Supremacia sobre experiência. Retiro interior.

22° CRIANÇAS EM ALGAZARRA SOBRE O TAPETE NOVO DO SEU QUARTO
Calor e riqueza da vida dados àqueles que aprendem avidamente a viver. Autoconhecimento imponente, ou autoapreciação. Conforto.

23° UM GRANDE URSO TREINADO SE APRESENTA, SENTADO NUMA CADEIRA ENORME
Necessidade de construir um veículo concreto adequado para o poder cósmico. Desempenho além dos dotes nativos. Um desejo de equilíbrio.

24° AGORA, LIVRE DA PAIXÃO, UM HOMEM ENSINA PROFUNDA SABEDORIA
Utilização de experiência e paixão pela inteligência, que permanece não-envolvida. Conquista do si mesmo. Desapaixonamento genuíno.

25° UMA BORBOLETA EMERGE DE SUA CRISÁLIDA, PRIMEIRO A ASA D1REITA
Avanço necessário da volição sobre os elementos reflexos. Abordagem voluntária dos problemas de ser. Ajustar-se a ideias estranhas. Escolha.

26° UM MECÂNICO É VISTO PRONTO PARA TESTAR A BATERIA DE UM CARRO
Capacidade do si mesmo assumir e liberar poder espiritual. Liberação controlada de poder através das emoções. Comedimento.

27° ENTRE LIVROS RAROS, UMA VELHA TIGELA DE CERÂMICA COM VIOLETAS FRESCAS
Realidade de valores espirituais ou estéticos ligando gerações de buscadores do que é mais elevado. Acrescentamento ou comprometimento com o valor.

28° ENORME PILHA DE MADEIRA RECOLHIDA ASSEGURA CALOR PARA O INVERNO
Rica contribuição da natureza a todos os que trabalham com previsão. Preparação inteligente. Fé tranquila, mas poderosa, na Providência.

29° COMPLETADA A METAMORFOSE, UMA BORBOLETA ABRE SUAS ASAS
Imortalidade do verdadeiro si-mesmo. Graduação para um novo estado de ser. Projeção confiante do si-mesmo; falta de autoconfiança.

30° CAMPOS ENLUARADOS, ONDE OUTRORA EXISTIU BABILÔNIA, ESTÃO FLORINDO, BRANCOS
Poesia interior da vida que refresca a alma. Sentimento espiritualmente alimentado que ilumina o coração. Vozes do passado.

_______________________________________________________________
Extraído do livro Astrologia da Personalidade, de Dane Rudhyar.