segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Urano na 8ª Casa, por Howard Sasportas

A 8ª Casa, o domínio natural de Escorpião, produz o tipo de emoções e sentimentos muitas vezes despertados pelo êxtase e a agonia do amor — a luxúria da paixão, o ciúme, a raiva, a inveja, a possessividade e a vingança. Urano tenta chegar a essa esfera de modo um pouco diferente do que as pessoas em geral. Muitas vezes, os que têm Urano na 8ª Casa são compelidos por uma necessidade de se libertar das restrições da natureza básica instintiva e a superar o fato de serem retidos por essas emoções. Eles podem se expor continuamente a situações que os desafiem a se elevar e a desenvolver um afastamento de tais instintos primitivos, a fim de forjar uma compreensão mais ampla e mais tolerante do que tais sentimentos sujos permitem; por exemplo, o conceito de um casamento comunal ou mesmo a troca de marido ou de esposa. Em alguns casos, eles podem tentar esse tipo de liberalidade e falhar terrivelmente.

Da mesma maneira, eles podem procurar expressar a natureza instintiva de outras formas, além do simples propósito de unir e procriar. Conseqüentemente, a reputação deste posicionamento implica um certo grau de curiosidade e de experimentação sexual. Outros podem querer encontrar técnicas e sistemas que lhes permitam transcender o campo do desejo libidinoso através do redirecionamento do desejo sexual para outras áreas.

Em casos que tenho visto, Urano na 8ª Casa se alterna entre os extremos da paixão excessiva e da frieza desumana. Por exemplo, quando acreditam fervorosamente numa causa, eles podem não pensar duas vezes em colocar uma bomba numa grande loja se isso ajudar. Adolf Eichmann, o nazista responsável pelo extermínio de milhões de judeus, nasceu com Urano em Capricórnio na 8ª Casa, regendo a 11ª Casa, a das metas e dos objetivos. Outro nazista enforcado por atrozes crimes de guerra, Joachim von Ribbentrop, tinha Urano em Escorpião na 8ª Casa, regendo um ascendente aquariano.

Quem tem Urano na 8ª Casa muitas vezes deseja sondar além do plano superficial da existência para descobrir as mais sutis leis da natureza que operam na vida. Astrologia, psicologia, alquimia, o oculto, o mágico, a física subatômica ou a química moderna, tudo isso é de seu interesse. Um homem que literalmente explorou as possibilidades da potencialidade de transformação e de explosão da mais profunda camada de vida foi Enrico Fermi. Nascido com Urano em Sagitário (o signo dos exploradores) na 8ª Casa, ele não só descobriu a divisão do urânio como também produziu a primeira reação nuclear em cadeia. Por linhas similares, Urano na 8ª Casa pode ser fascinado pela morte, e tentar entendê-la num quadro menos tradicional. Experiências psíquicas e telepáticas não são estranhas a pessoas com Urano nesta casa, embora algumas possam não ter muito controle sobre elas quando ocorrem.

Num nível mais mundano, súbitas reviravoltas de destino tendem a acontecer através do casamento, de heranças ou de sociedades de negócios. Certas fases da vida podem terminar de forma súbita e irreversível; de uma noite para outra, um capítulo se encerra e outro começa, ou um acontecimento imprevisto altera drasticamente a direção que a pessoa seguia.