segunda-feira, 25 de julho de 2016

Graus de Gêmeos, por Dane Rudhyar



GÊMEOS    V. O MOMENTO DE GELO

1° BARCO DE CASCO TRANSPARENTE NAVEGA SOBRE MARAVILHAS SUBMARINAS
Profundidade de compreensão numa consciência em permanente contato com as fontes da vida. Sensitividade a imagens coletivas.

2° PAPAI NOEL FURTIVAMENTE ENCHE AS MEIAS DE NATAL
A beneficência natural em qualquer coração humano normal. Estado de alerta aos desejos de outros; o orgulho frequentemente oculto dos benfeitores.

3° A CORTE DE LUÍS XIV NOS JARDINS DAS TULHERIAS
Um grau de genuína aristocracia e perfeição de comportamento. Autorrealização em forma e tradição. Força coletiva.

4° VISCO E AZEVINHO TRAZEM O ESPÍRITO DE NATAL A UM LAR
O espírito das festas como tentativa de preservar, para indivíduos, a riqueza e o poder das origens raciais. Calor social.

5° UMA REVISTA RADICAL MOSTRA UMA CAPA SENSACIONALISTA
O poder compulsivo da propaganda social. Exteriorização de simpatia emocional em reforma organizada. Eficiência.

6° TRABALHADORES NOTURNOS FAZENDO PERFURAÇÕES EM BUSCA DE PETRÓLEO ENTRE BARULHO E CONFUSÃO
Atividade exagerada em busca de riqueza material. Capacidade de impulsionar-se com vistas a ganhos futuros e especulativos.

7° UM VELHO POÇO, CHEIO DE ÁGUA PURA, À SOMBRA DE ÁRVORES
Relacionamento profundo e maduro entre o homem e a realidade doadora de vida básica de seu meio ambiente. Segurança interior; equilíbrio.

8° RODEANDO A FÁBRICA FECHADA, OS GREVISTAS MARCHAM DESAFIADORAMENTE
Uma agitação dos fatores coletivos, inconscientes, do ser em direção à repolarização do ego consciente. Protesto vão.

9° UM ARQUEIRO MEDIEVAL, COM ARCO E FLECHAS, PRONTO PARA LUTAR
Superioridade e facilidade baseadas em treinamento. Segurança na pontaria certeira. Autodireção certa. Preparação. Ajuda invisível nos problemas.

10° AEROPLANO, APÓS UM MERGULHO FRONTAL, NIVELA-SE GRACIOSAMENTE
Capacidade de entrar na experiência sem perder os próprios princípios de autocontrole. Autoexpansão através de sacrifício.

11° TERRAS RECÉM-ABERTAS OFERECEM REGIÕES VIRGENS DE EXPERIÊNCIA
Nova visão de desenvolvimento concreto, consciente. Oportunidades renovadas e ampliadas. O chamado da natureza ao espírito pioneiro.

12° UMA MENINA ESCRAVA NEGRA EXIGE SEUS DIREITOS DE SUA SENHORA
A vontade de elevar-se acima do condicionamento e das limitações raciais, ou um sentido da necessidade de conformar-se às coisas como são.

13° PIANISTA MUNDIALMENTE FAMOSO COMEÇA A TOCAR PARA UM PÚBLICO ENORME
Extrema exaltação da posição social. Alcance do clímax da individualidade. Horrível senso de vazio no final da empreitada.

14° DUAS PESSOAS, VIVENDO DISTANTES, EM COMUNICAÇÃO TELEPÁTICA
Domínio consciente das limitações espaço-tempo da existência comum. Compreensão das realidades básicas em todas as situações.

15° DUAS CRIANÇAS HOLANDESAS ESTUDAM SUAS LIÇÕES JUNTAS
Abordagem consciente da verdade espiritual e significados subjacentes. Abertura de mente. Clareza de pensamento ao longo de linhas tradicionais.

GÊMEOS    VI. O MOMENTO DA INQUIETUDE

16° MULHER AGITADORA FAZ APELO APAIXONADO À MULTIDÃ0
Elevação da alma humana demandando que a natureza exterior reconheça as necessidades do ser interior. Autoafirmação.

17° A CABEÇA DE UM JOVEM TRANSFORMA-SE NA DE UM PENSADOR MADURO
Progressão da participação robusta em coisas externas para uma compreensão das realidades mais profundas. Sabedoria inata. Crescimento constante.

18° DOIS CHINESES CONVERSAM EM CHINÊS NO MEIO DE UMA MULTIDÃO OCIDENTAL
Alienação, mas também independência do meio ambiente. Autossustentação consciente a despeito de todas as condições. Individualização.

19° GRANDE VOLUME ARCAICO EXPOSTO NOS ARQUIVOS DE UM MUSEU
Reserva de conhecimento coletivo e sabedoria além da verdadeira autoexpressão individual. Deferência à experiência passada.

20° UM RESTAURANTE SELF-SERVICE APRESENTA UMA ABUNDÂNCIA DE ALIMENTO
Distribuição pródiga de recursos vitais. Riqueza interior. Saciação ou uso discriminativo das energias naturais. Suprimento farto.

21° UMA DEMONSTRAÇÃO TRABALHISTA APINHA UMA GRANDE PRAÇA DA CIDADE
O surgimento impetuoso de instintos naturais no campo do ego consciente. Luta cega. Poder constrangedor do destino.

22° CASAIS DANÇANDO ENCHEM O CELEIRO NUM FESTIVAL DE COLHEITA
Riqueza de vida em associações baseadas em instintos naturais. Calor do viver simples. Realização normal de eu.

23° TRÊS PÁSSAROS RECÉM-EMPLUMADOS OLHAM ORGULHOSAMENTE DE SEU NINHO ALTO
Autoestabelecimento consciente na alma e sua natureza tripla. Autoconfiança inata. Superioridade de ser real.

24° CRIANÇAS DESPREOCUPADAS PATINAM SOBRE O GELO LISO DO LAGO
Capacidade de usar toda oportunidade, mesmo no ambiente mais duro, para autorrecreação e relaxamento. Apreciação.

25° UM JARDINEIRO PODA BELAS PALMEIRAS COM O MAIOR CUIDADO
Capacidade humana de controlar seu meio ambiente e os impulsos de sua natureza mais intensa. Cuidado ativo das posses.

26° ÁRVORES COBERTAS DE GEADA, COMO RENDA, CONTRA UM CÉU DE INVERNO
Atribuição criativa de significado a todas as coisas. O poder transformador da beleza. Apreciação vívida dos processos naturais.

27° JOVEM CIGANO EMERGINDO DA FLORESTA CONTEMPLA CIDADES DISTANTES
Crescimento de consciência do instintivo ao intelectual. Antecipação e autoconfiança ascendente. Anseio profundo.

28° SUA FALÊNCIA OUTORGADA, UM HOMEM DEIXA O TRIBUNAL
Liberação do eu da pressão coletiva insuportável. Determinação de tornar a reunir forças para nova tentativa. Proteção.

29° 0 PRIMEIRO MIMO DA PRIMAVERA CANTA DO TOPO DA ÁRVORE
Recapitulação de oportunidades passadas no umbral de um novo ciclo de experiências. Compreensão de novas potencialidades.

30° UM DESFILE DE BELDADES EM TRAJE DE BANHO DIANTE DE UMA GRANDE MULTIDÃO À BEIRA-MAR
Uso da vaidade individual na elevação dos padrões raciais. Exame de valores intelectuais para uso na vida da alma.


_______________________________________________________________
Extraído do livro Astrologia da Personalidade, de Dane Rudhyar.