sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Júpiter na 11ª Casa, por Howard Sasportas

O deus Zeus tinha como tarefa cuidar do bem-estar da população. Da mesma rnaneira, o planeta Júpiter, estendendo nosso conhecimento para além do egocêntrico conceito de Marte, nos lembra de um contexto social mais amplo no qual existimos e temos um papel a desempenhar. A este respeito, Júpiter está bem à vontade na 11ª Casa.

As pessoas oravam a Zeus por ajuda, guia e proteção contra desgraças, e aqueles que têm este posicionamento podem ser encarados pelos amigos ou por grupos com o mesmo tipo de inspiração e proteção. Inversamente, seus próprios horizontes e a compreensão do significado da vida aumentam e se expandem através do intercâmbio social. Eles podem assumir o papel de um guru, herói ou heroína aos olhos dos amigos ou grupos, ou então ficar esperando que os amigos ou grupos sirvam de proteção e salvação para eles.

Júpiter na 11ª costuma filiar-se a clubes ou organizações que promovam causas humanitárias ou igualitárias, ou que prometam crescimento e expansão para todos os envolvidos. Normalmente, estão sintonizados com novas correntes e tendências sociais progressistas. Aspectos difíceis de Júpiter podem indicar grandes expectativas e ideais, bem como desapontamentos quando o grupo falha em resolver todos os seus problemas ou não consegue eliminar rapidamente a miséria do mundo. Sem pestanejar, no entanto, passam para a próxima causa ou organização com a esperança de que a nova fórmula encontrada seja a chave da salvação.

Júpiter nesta casa sugere um número de amigos cada vez maior, de várias culturas e nacionalidades. Para alguns, o significado da vida só começa a aparecer quando suas agendas estão completamente preenchidas e eles têm de escolher entre a festa de aniversário de Mick Jagger e um convite para passar o fim de semana em St. Moritz. Às vezes, um envolvimento grande demais em atividades sociais ou um envolvimento demasiado profundo na vida dos amigos pode dissipar suas energias e dissuadi-los de se aplicarem em outras áreas da vida.

Tanto Júpiter como a 11ª Casa estão preocupados em se tornar um pouco mais do que já são. Por isso, essas pessoas costumam ter muitas metas e objetivos na vida e podem quase sempre ser vistas olhando para o futuro. Logo que um objetivo é alcançado, outro aparece em seu lugar. Talvez seja oportuno reduzir um pouco suas metas, ou mesmo selecionar melhor quais realmente vale a pena seguir; isso se não quiserem se esfacelar demais. De fato, se atirarem suas flechas alto demais, elas poderão cair em cima deles mesmos; se apontam em muitas direções ao mesmo tempo, podem ficar sem saber para onde atirar primeiro. É espantoso observá-los. No entanto, por haver sempre tanta fé em que devem e vão realizar o que querem, a vida não pode ajudar mas os encoraja bem. Muitas vezes, amigos ou grupos partilham dessa fé em suas metas e serão de grande valia em suas realizações.