terça-feira, 4 de abril de 2017

O Elemento Água e Suas Casas, por Ptolomeu

Este elemento proporciona: sensibilidade, impressionabilidade e emotividade. O elemento água interage nas seguintes casas:

Na Casa IV - Pelo signo da maternidade simboliza a força de coesão da natureza que mantém as formas criadas, e o instinto de conservação da vida. É o signo das emoções profundas criadas no universo materno. Os dois gametas que aparecem no símbolo estão envoltos num ambiente aquoso.

Na Casa VIII - Representando a transformação do homem, de seu estado de inocência e pureza, devido às suas paixões e prazeres sexuais. Ao mesmo tempo, simboliza a vitória final do ser espiritual sobre o reino da matéria. Representa, ainda, o estado de evolução em que os seres se preparam para a perpetuação da espécie. Tanto no sentido material, como espiritual..., paradoxalmente, é o signo da Eternidade e da Morte.

Na Casa XII - É o processo final da transformação das formas, iniciado em Capricórnio. É representado por dois peixes dispostos lado a lado, mas em sentido inverso, simbolizando o movimento final de libertação do espírito das malhas da matéria, por isto rege duas extremidades do homem, especialmente os seus pés, que lhe permite de
forma dual manter-se na vertical e elevar sua mente ao Céu.

Representa, ainda, a vontade: o que deve levar o homem à transformação física, moral e espiritual.