sábado, 1 de abril de 2017

Plutão em Sagitário no Mapa Natal, por Adrian Ross Duncan

Plutão descreve uma órbita irregular em volta do Sol, que dura
cerca de 248 anos. Quando está mais próximo do Sol, demora
apenas 12 anos para atravessar um signo. Quando está mais
afastado, esse trânsito demora perto de 30 anos.
Coletivamente, sua influência é sentida a um nível muito
profundo na sociedade, gerando trauma, transformação e
renovação em relação ao signo em que se encontra. Os
indivíduos com seu Ascendente em Escorpião podem
expressar essa influência de modo pessoal. De contrário, seu
efeito se expressará como uma influência subjacente sobre
uma geração inteira.

Nos anos de 1749 a 1762 e de 1995 a 2009, o trânsito de
Plutão no signo de Sagitário ocasionou e ocasiona profundas
transformações espirituais e religiosas, baseadas em uma
visão reconstruída do futuro. A Humanidade é confrontada com
a sensação de não haver mais futuro e isso vai acabar gerando
uma busca interior para encontrar um significado indestrutível
para a vida. Irão ocorrer reformas em massa das instituições
religiosas. Realizações pioneiras ligadas às novas fronteiras
vão proporcionar novos conceitos de tempo e de distância.
Haverá um período de antagonismo e conflitos entre
ideologias.

Se canalizar essa influência para sua vida pessoal, irá
embarcar em uma viagem sem compromissos para encontrar
significado e valores pessoais. Você tem tendência para
abraçar com paixão um ponto de vista ideológico e pode querer
divulgar essa convicção com intensidade considerável.
Ocorrerá uma profunda transformação espiritual na sua vida
quando for forçado a abandonar os pontos de vista que
formavam o cerne da sua identidade. Uma viagem, ou outra
conexão com uma cultura estrangeira, poderá catalisar as
introspeções que irão mudar sua vida.