quarta-feira, 13 de julho de 2016

Lilith na Casa 12




Se tomarmos a Casa 12 como a Casa das provas, aqui se indicariam provas de sacrifício. Se renuncia ao prazer e à liberdade. Hospitais, cárcere, real ou simbólico, conventos, drogas como evasão.

Se desliga com a vida ativa, com o mundo. Há um culto ao secreto.

Intervenções cirúrgicas, problemas psíquicos, ou investigações dos sofrimentos dos demais.

Para alguns esta é a Casa do Karma, onde se expiam os pecados de vidas anteriores.

Favorável para trabalhar com o inconsciente. Um belo dia, libertam-se as pulsões inconscientes, aparecendo uma nova personalidade, se liberta do próprio cárcere.

O medo de ser julgado negativamente pode fazer-lhe rejeitar a maior parte de suas emoções e tudo cai em um sentimento de impotência.