sábado, 24 de dezembro de 2016

Júpiter na 5ª Casa, por Howard Sasportas

William Blake, um sagitariano com Sol em conjunção com Júpiter na 5ª Casa escreveu que "a estrada do excesso leva ao palácio da sabedoria". Para quem tem esse posicionamento, mais é bem melhor do que o bastante.

A 5ª Casa sempre gosta de se expressar, mas com Júpiter nesta posição isso tem de ser feito com audácia e fogos de artifício. Através de qualquer forma de auto-expressão criativa, quem tem Júpiter na 5ª Casa adentra algo mais espaçoso, talvez fazendo de sua própria criatividade uma réplica do sentido da própria criação divina. Em outras palavras, sendo criativos, encontram Deus em si mesmos.

A 5ª Casa é a casa da brincadeira e ninguém brinca como Júpiter. É quase impossível que um recinto de areia seja bastante grande (a praia de Malibu seria melhor), mas seus castelos de areia têm de ser maiores e mais imaginativos que o do garoto ao lado. Bem diferente de Marte, que o tiraria de dentro do recinto de areia se você atravessasse seu caminho, Júpiter na 5ª mostra-se até disposto a cooperar com os coleguinhas, desde que seja ele o dono do espetáculo. Afinal, seu ponto de vista é realmente o mais interessante e desde que ele gosta, tem de ser o melhor para todos. Mesmo quando um amigo lhe dá uma ideia ou duas, Júpiter irá ampliá-las e elaborá-las até que sejam inteiramente suas.

Quem tem este posicionamento não deve ter problemas em preencher sua vida com hobbies e saídas artísticas julgadas excitantes e satisfatórias, contanto que fiquem com elas o tempo suficiente para adquirir um bom grau de conhecimento. Eles gostam de se testar contra a vida e, às vezes, há um gosto por esportes, aventura, jogos de azar e jogos na Bolsa de Valores. Para que se sintam mais vivos, cada novo desafio tem de ser um pouco maior que o anterior.

Com Júpiter na 5ª Casa é evidente um gosto pelas perseguições amorosas. Naturalmente romântico, ele procura saídas em relacionamentos e casos. O caso em questão é o príncipe Andrew, com Júpiter em Sagitário nesta casa, que entre um vôo de helicóptero e outro, persegue atrizes, adorando novas aventuras, e despista os repórteres como um bom equivalente moderno de Zeus. No entanto, se Júpiter estiver mal aspectado, suas perspectivas com relação aos assuntos da 5ª Casa podem ser prejudicadas por sua própria subjetividade, excitação e entusiasmo em excesso.

Normalmente, este posicionamento indica um bom relacionamento com crianças, que crescem com uma perspectiva filosófica ou espiritual ou um forte desejo de ampliar seus horizontes em viagens e aventuras. Alguns pais com este posicionamento podem projetar nos filhos essa ansiedade não Vivida e as aventuras não acontecidas. Em certos casos, isso pode encaminhar a criança para maiores realizações, enquanto em outros, na tentativa de ser uma pessoa independente, a criança vai ter de desfazer alguns dos ideais paternos. De qualquer maneira, o relacionamento pais/filhos em geral sobrevive intacto. Júpiter era considerado o protetor do povo e é interessante notar que a princesa Anne, a patronesse do Fundo de Salvamento de Crianças nasceu com Júpiter em Peixes na 5ª Casa (Júpiter rege os cavalos, e as habilidades eqüestres também são mostradas por este posicionamento).