domingo, 12 de março de 2017

Vênus em Quadratura com Plutão no Mapa Natal, por Adrian Ross Duncan

Haverá grande dificuldade em integrar estas duas influências
planetárias e os resultados harmoniosos prometidos somente
vão aparecer depois que você tiver gasto muito tempo e
esforço.

Tem habilidade para despertar solidariedade nos corações de
outras pessoas e está provavelmente disposto a grandes
esforços para ser apreciado. Sua atenção para com os demais
pode criar uma atmosfera muito positiva e bons sentimentos
autênticos, se conseguir evitar pequenas fraquezas. Tende a ir
longe demais para agradar os outros e tentar dar boa
impressão. Deste modo, é capaz de monopolizar algumas
pessoas e alienar aquelas que não se deixam impressionar por
seu charme aparente. Quanto aos negócios, tem talento
especial para extrair o máximo dos recursos. Consegue ver
proveito em objetos descartados por outras pessoas, e pode
transformar inutilidades em objetos de valor. Financeiramente,
evite a armadilha do endividamento para comprar artigos que
simbolizem status. Não troque dinheiro honesto por dinheiro
fácil. Sobretudo, evite tornar-se economicamente dependente
dos outros. Você poderia vir a ser manipulado.

Suas relações íntimas são caracterizadas pela intensidade.
Você simplesmente não se interessa por uma relação
superficial ou casual. Tem tendência a investir muita energia
em amor e atenção bem sucedidos, o que significa na verdade
uma regressão às experiências na infância, onde amor e
sobrevivência se equilibravam. Você sentirá freqüentemente
que foi o destino quem reuniu você e seu parceiro e que nada
pode romper o vínculo criado. Infelizmente, o medo
inconsciente de perder seu amor pode resultar em diversas
cenas emocionais exaustivas. Os relacionamentos podem
pular de crise para crise. Quando essas influências negativas
se tiverem desfeito, você descobrirá um real talento para amar
e auxiliar os outros.

Em uma idade muito precoce, o amor para você equivalia à
sobrevivência. Seu relacionamento com sua mãe e,
possivelmente, também com uma irmã, era a este respeito
muito problemático. Uma ansiedade muito real acerca da perda
do amor e, portanto, também do suporte de vida materno, levou
você a desenvolver uma maneira de ser, doce e afetuosa em
excesso, calculada para conquistar afeição. Você investe
duzentos por cento do seu charme para atingir essa meta e,
em geral, consegue ter sucesso.

Os problemas vão surgir mais tarde durante a sua vida porque,
a longo prazo, esse investimento de energia emocional é
cansativo para todas as partes envolvidas. É muito difícil para
você ter perfeita consciência do que faz. A angústia de perder
o interesse de sua parceira leva você a relacionamentos
amorosos intensos, em que o ciúme representa um papel
importante, porque, por outro lado, você acha que tem que ser
íntimo de todo mundo e seu parceiro se ressente disso. Em
alguns casos, você poderá se deixar subordinar ao ser amado
e ser manipulado. No entanto, de forma paradoxal, pode ser
você, mais adiante, quem irá exercer o poder.

Mais tarde, você vai sentir um grande alívio quando se
aperceber de que os relacionamentos funcionam melhor
quando você relaxa. As pessoas gostam mais de si quando
não faz tantos esforços para agradar. Já que você tem tanto
amor para dar, para quê e por quê se preocupar com quanto
amor recebe? E se algumas pessoas não gostam de você, o
que se há de fazer? Você conhece o poder do amor.