quinta-feira, 8 de setembro de 2016

As casas de Terra: triplicidade da matéria, por Howard Sasportas


O elemento Terra é associado com o plano de existência material: a condensação do espirito em formas concretas.

A primeira casa de Terra é a 2ª Casa, e ela é também uma casa sucedente. Por isso, a segunda casa representa a matéria tentando se tornar mais segura ou estável, resultando daí a associação da 2ª Casa com dinheiro, posses e recursos. Isso inclui coisas tais como o corpo — que gostamos de chamar de nosso. Em termos econômicos, é o capital.

A segunda casa de Terra é a 6ª, que é também uma casa cadente; por este motivo, a 6ª Casa ajusta e reconsidera o princípio terreno. Nesta casa nossos recursos e habilidades são comparados aos recursos e habilidades dos outros. Nossas habilidades especiais são aprimoradas e aperfeiçoadas. O corpo também necessita de atenção para funcionar de forma eficiente e uma doença pode ser entendida como uma tentativa de o corpo se reajustar. Em termos econômicos, representa a força do trabalho.

A terceira casa de Terra é a 10ª, uma casa angular. Neste caso, existe a necessidade de gerar matéria, isto é, a necessidade de produzir. Em certo sentido, a 10ª Casa representa as forças de administração que ativamente organizam e supervisionam o capital e o trabalho. Em termos pessoais mostra como nós, propositadamente, estruturamos e direcionamos nossa energia e habilidade para resultados concretos e definidos. Daí a associação da 10ª Casa com a carreira, a ambição e a maneira como gostamos de ser vistos pelo mundo. Mais amplamente, a 10ª Casa descreve o papel que o indivíduo interpreta perpetuando e mantendo o corpo da própria sociedade.

Na primeira casa de Terra (2ª), o corpo e a própria matéria se diferenciam da totalidade orobórica da vida. Na segunda casa de Terra (6ª), nosso corpo particular e os nossos recursos diferenciados na 2ª são mais especificamente delineados. Na terceira casa de Terra (10ª), nosso próprio corpo e habilidades práticas (diferenciadas na 2ª e mais claramente definidas na 6ª) se reúnem com os outros para formar e manter a existência material coletiva.
As três casas de Terra estão simbolicamente em trígono umas com as outras, e os planetas nessas casas podem literalmente estar em trígono uns com os outros.

O trígono 2°-6°

Se um planeta na 2ª Casa se encontra em trígono com um planeta na 6ª, o indivíduo está equipado com recursos e habilidades que ele utiliza prática e produtivamente e, em geral, com adequada remuneração financeira. Muitas vezes existe um eficiente e consumado manejo do mundo material.

O trígono 6°-10°

Com esse trígono existe a probabilidade da competência e do modo de. trabalhar dessa pessoa conduzi-la ao sucesso na carreira. É possível que algo herdado "via mãe" (10ª) contribua para o repertório de talentos ou habilidades (6ª). Filha de pais ligados ao mundo do espetáculo, Candice Bergen faz bom uso tanto de sua beleza quanto de sua inteligência em sua carreira de atriz e de repórter fotográfico. Ela nasceu com Vênus em conjunção com Urano em Gêmeos na 6ª Casa, em trígono com Júpiter em Libra na 10ª.

O trígono 2°-10°

Neste caso, a carreira se coaduna muito bem com o temperamento e as habilidades. O dinheiro e o status podem ser conquistados naquilo que a pessoa naturalmente gosta de fazer. Algo valoroso é herdado via mãe ou o parente modelo (10ª). Sir Harry Lauder, o comediante e animador, tinha um público enorme e todos gostavam dele sobretudo por seu sotaque escocês. Ele nasceu com Mercúrio (o planeta da fala) na 2ª Casa (recursos) em trígono com Netuno na 10ª.

_______________________________________________________________
Extraído do livro As Doze Casas, de Howard Sasportas.