domingo, 26 de fevereiro de 2017

Pontos a Serem Estudados na Análise Astrológica dos Eclipses e Lunações, por Anna Maria Costa Ribeiro

1. Levantar um mapa para o momento exato em que ocorreu o eclipse ou a lunação, para o local onde a pessoa está. Esse mapa dará uma visão do período (6 meses para o eclipse, mensal para a lunação).

2. Observar em que casa do mapa natal cai o ASC do eclipse/lunação. Aí estarão os principais interesses do período, as atividades mais importantes, bem como serão focalizadas as pessoas que se referem a essa área (casa 7: cônjuge ou sócio, por exemplo).

3. Verificar em que casa da lunação/eclipse cai o regente do seu ASC, pois estará mostrando qual a direção que o assunto do ASC tomará.

4. Analisar principalmente os aspectos aplicativos (órbita de 5° para eclipses, 3° para lunações).

5. Verificar se algum planeta do mapa da lunação/eclipse faz conjunção com algum planeta ou ângulo natal, pois chamará à evidência a posição natal.

6. O ASC da lunação/eclipse acontecendo nos primeiros graus de um signo indica o início de algo, conforme a casa natal em que cair. Já nos últimos graus de um signo, pode indicar o final de um assunto, conforme a casa natal a que esse ASC corresponder.

7. Ver a disposição por hemisfério no mapa da lunação/eclipse. Uma maioria no hemisfério leste, dá maior controle à pessoa; no hemisfério oeste toma-se mais dependente dos outros; no hemisfério sul eleva-a e expõe; no hemisfério norte toma-se mais reservada, buscando proteção. Tudo isso nesse período.

8. Observar em que casas da lunação/eclipse caem os planetas natais (o ideal é fazer 2 círculos, um interno com o mapa da lunação e outro externo com o mapa natal).

9. Observar a passagem da Lua pelas casas, planetas e signos da lunação/eclipse, pois ativará os locais por onde passar.

10. No mapa do eclipse pode-se analisar também as casas derivadas.

11. Observar se existem grandes conjuntos de aspectos como o grande trígono, a grande cruz, etc.; anotando os planetas envolvidos nesses grandes aspectos, no mapa da lunação/eclipse. Se todos estiverem desequilibrados prejudicam: se estiverem regulares, às vezes favorecem, outras prejudicam. Qualquer efeito planetário deve ser julgado conforme sua posição natal.

12. As casas do mapa natal e do mapa da lunação/eclipse em que caírem a própria lunação são ativadas ao ponto de provocarem um acontecimento ou de se plantar uma semente.

13. Um planeta retrógrado indica a necessidade de uma reavaliação ou reajuste nesse planeta. Um signo interceptado está sendo escondido ou está sendo preso (conforme o signo que estiver interceptado). Um aspecto com o Nódulo Lunar Norte estimula a projeção pessoal, com o Nódulo Lunar Sul, estimula uma carência, o passado, a perda de alguém, a tristeza.

14. Se o ASC da lunação/eclipse for Câncer, verificar quando a Lua atravessa os pontos principais do mapa natal.

15. Os pontos mais importantes são as casas da lunação/eclipse e do mapa natal em que caem o eclipse/lunação, pois indicam possibilidades de reviravoltas.