sábado, 17 de junho de 2017

Dos doze signos do zodíaco, e das suas múltiplas divisões, por William Lilly

O zodíaco está dividido em doze partes iguais, a que chamamos signos, e às quais damos os nomes de criaturas vivas, quer devido às suas propriedades em comum com as criaturas vivas, ou porque a posição das estrelas nesses pontos se assemelha às efígies e ao aspecto das criaturas vivas; os seus nomes são os seguintes:


Cada um destes signos contém trinta graus ou partes em longitude. Assim, resulta que o zodíaco inteiro consiste de 360 graus, cada grau contém 60 minutos, aos quais também chamamos escrópulos, cada minuto contém 60 segundos, e assim por diante se se quiser, mas em astrologia fazemos apenas uso dos graus, minutos e segundos.

Estes signos são de novo divididos de muitas maneiras; primeiro, em quatro quadrantes ou quartos, correspondendo às quatro estações do ano.

O quadrante Vernal ou da primavera é sanguíneo, quente e úmido, e contém os primeiros três signos, viz. Áries, Touro e Gêmeos.

O quadrante Estival ou de verão é quente, seco e colérico, e contém o quarto, quinto e sexto signos, viz. Câncer, Leão e Virgem.

O quadrante Outonal ou da colheita é frio, seco e melancólico, e contém o sétimo, oitavo e nono signos, viz. Libra, Escorpião e Sagitário.

O quadrante Hiemal, Brumal ou de inverno é frio, úmido e fleumático, e contém o décimo, décimo primeiro e décimo segundo signos, viz. Capricórnio, Aquário e Peixes.

Estão novamente divididos por elementos, pois alguns signos são por natureza do fogo, quentes e secos, viz. Áries, Leão e Sagitário, e estes três signos constituem a Triplicidade do Fogo.

Outros são secos, frios e de terra, viz. Touro, Virgem e Capricórnio, e constituem a Triplicidade da Terra.

Outros são aéreos, quentes e úmidos, viz. Gêmeos, Libra e Aquário, que constituem a Triplicidade do Ar.

Outros são aquáticos, frios e úmidos, viz. Câncer, Escorpião e Peixes, e são chamados a Triplicidade da Água.

Mais uma vez, alguns signos são masculinos, diurnos, e portanto quentes, como Áries, Gêmeos, Leão, Libra, Sagitário e Aquário.

Alguns são femininos, noturnos, portanto frios, viz. Touro, Câncer, Virgem, Escorpião, Capricórnio e Peixes.

A utilidade disto é a seguinte: se se tiver um planeta masculino num signo masculino, ele torna a pessoa mais masculina; assim como, se o planeta masculino estiver num signo feminino, o homem ou a mulher é menos corajoso, etc.

Mais uma vez, alguns signos são chamados boreais, setentrionais ou do Norte, porque declinam do equinócio para Norte, e estes são, Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão e Virgem; e estes seis signos contêm metade do zodíaco, ou o seu primeiro semicírculo.

Alguns signos são chamados austrais, meridionais ou do Sul, pois declinam para Sul a partir do equinócio, e estes são Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.

Cardeais — Os signos são novamente divididos em Cardeais, Fixos e Mutáveis, sendo Áries, Câncer, Libra e Capricórnio cardeais, porque quando o Sol entra em Áries e Libra o tempo e a estação do ano alteram-se e mudam rapidamente e porque é a partir do momento em que o Sol entra em qualquer destes signos que denominamos as estações do ano.

É a partir da entrada do Sol em Áries e Libra que surge o equinócio da Primavera e do Outono; com a entrada do Sol em Câncer e Capricórnio surge o solstício do Verão e do Inverno.

Portanto os signos equinociais são Áries e Libra, e os solsticiais ou tropicais são Câncer e Capricórnio.

Signos fixos — Os signos fixos ficam a seguir aos equinociais e aos tropicais e são fixos porque quando o Sol entra neles, a estação do ano é fixa, e sente-se mais claramente o calor ou o frio, a umidade ou a seca.

Mutáveis — Signos que estão posicionados entre os cardeais e os fixos, e que retêm as propriedades ou a natureza pertencente ao signo anterior e ao seguinte, e são Gêmeos, Virgem, Sagitário e Peixes.

São chamados bicorpóreos ou de dois corpos, porque representam dois corpos, como em Gêmeos dois Gêmeos, em Peixes dois Peixes.

O correto conhecimento do que foi dito é muito importante em astrologia, e deve ser compreendido desta forma: se, na pergunta ou na figura do céu, o planeta que é regente do ascendente estiver num signo cardeal e o signo ascendente também o for, denota uma pessoa instável, sem capacidade de resolução, facilmente mutável, pervertida, uma pessoa oscilante e inconstante.

Vamos admitir que o ascendente é fixo, e que o regente desse signo também está num signo fixo, pode-se julgar que a pessoa tem vontade firme e não é abalável; ou, como se costuma dizer, alguém que manterá firmemente o que disse ou fez, seja bom ou mau.

Se o signo ascendente for mutável, e o regente desse signo também estiver num signo mutável, pode-se julgar que o homem ou a mulher não são nem de vontade muito forte nem facilmente alteráveis, mas um meio termo.

Os signos também são divididos em:

Bestiais ou quadrúpedes, viz. Áries, Touro, Leão, Sagitário e Capricórnio; estes são representados por criaturas de quatro patas.

Férteis ou prolíficos, viz. Câncer, Escorpião e Peixes.

Signos estéreis, Gêmeos, Leão e Virgem.

Signos humanos ou corteses, Gêmeos, Virgem, Libra e Aquário.

Signos ferozes são Leão e a última parte de Sagitário.

Signos mudos ou de voz lenta, Câncer, Escorpião e Peixes; mais ainda se Mercúrio estiver em qualquer deles, em conjunção, quadratura ou oposição a Saturno.

A utilidade disto é se o significador, ou o regente do ascendente estiver em Áries, Touro, Leão, Sagitário ou Capricórnio, há no temperamento dessa pessoa qualquer coisa da natureza do animal que representa o signo em que ele se encontra; assim, se ele estiver em Áries, o homem é precipitado, audacioso e lascivo; se em Touro, persistente e resoluto, e de temperamento algo lamacento, viciado por alguma imperfeição privada, etc., e assim com o resto.

Vamos admitir que alguém apresenta esta pergunta, se terá filhos, então se a Lua e os significadores principais estiverem em signos prolíficos e fortes, não há dúvida que os terá; o mesmo fazer se a pergunta disser respeito à esterilidade, viz. se o ascendente ou a quinta casa forem daqueles signos que chamamos signos estéreis, geralmente representam poucos ou nenhum filho.

Nas perguntas, se ascenderem Gêmeos, Virgem, Libra ou Aquário, ou se o regente do ascendente estiver em signos humanos, então podemos julgar que o homem terá uma postura civilizada, será muito afável e de fácil conversação com todos, etc.


William Lilly, in Astrologia Cristã.

O livro, em seu primeiro livro, pode ser adquirido aqui:
https://www.amazon.com.br/Astrologia-Crist%C3%A3-Livro-B%C3%A1sica-ebook/dp/B014VL3VP4/ref=sr_1_fkmr0_1?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1497124732&sr=1-1-fkmr0&keywords=William+Lilly%2C+in+Astrologia+Crist%C3%A3