quinta-feira, 2 de junho de 2016

Regentes da Décima Casa, por Marion March & Joan McEvers

Angular e de bens materiais, representada por Capricórnio, a décima Casa é naturalmente regida por Saturno, o planeta da ambição. Qualquer área influenciada por Saturno, por regência ou posicionamento, é onde você pode se sentir inseguro ou carente, e qualquer área em que você se sinta inadequado gera uma tendência à supercompensação. Dessa forma a décima Casa, que se relaciona com a realização, é urna área em que você tenta se provar, com afinco especial. É a Casa mais elevada no mapa, o ponto mais ao sul, enfatizando o caráter de culminação, o máximo que você pode se empenhar. Por isso, tradicionalmente, ela mostra a profissão, o status, a reputação e, psicologicamente, as verdadeiras necessidades do ego.

Como a quarta Casa é o lar, a décima (oposta à quarta) é o mundo, a comunidade ou a sua esfera de influência. A quarta Casa representa um dos genitores, em geral o mais protetor; a décima revela o outro genitor, o mais investido de autoridade, que lhe impõe limitações quando criança. Mais tarde, simboliza qualquer pessoa que represente um padrão de autoridade, como o seu empregador, o governo etc. Enquanto a sexta Casa mostra o tipo de trabalho que você executa, a décima indica a sua carreira ou profissão, o ponto mais alto que você pode alcançar.

Regente da décima na primeira: O que quer que você consiga na vida vai ter de ser por sua própria conta. Pode ser que durante algum tempo você ande a reboque dos outros, mas, no fim das contas, para satisfazer seu ego, vai precisar agir por esforço próprio. O regente e seus aspectos vão indicar quanto tempo vai demorar, ou quanto você vai ter que trabalhar para chegar aonde deseja. Com esse posicionamento, existe em geral uma vontade de aparecer; urna atividade de bastidores, como a de um produtor ou diretor, não é o suficiente para você. Por essa razão, muitos políticos, bem como gente de cinema e teatro, têm o regente da décima na primeira. Como você se empenha muito para atingir o máximo do seu potencial, tome cuidado para não se tomar muito egocêntrico ou voltado para si mesmo, principalmente se o planeta envolvido for Marte. No caso de aspectos fluentes ou bem integrados, o sucesso pode chegar com facilidade, podendo não significar para você como as realizações conseguidas com o suor do seu rosto.

Regente da décima na segunda: É provável que você ganhe dinheiro com sua carreira; quanto, e até que ponto isso vai ser importante para você, depende do destaque do regente no mapa e da sua habilidade para integrar os aspectos com o máximo proveito possível. Seus recursos e valores desempenham um importante papel no tipo de profissão que você escolhe.

Regente da décima na terceira: A sua carreira deveria implicar alguma forma de comunicação, pois você sente grande necessidade de se expressar. Esse posicionamento não é tanto o de atores vivendo um papel onde verbalizam opiniões e sentimentos dos outros, como o de pessoas que precisam expressar seu ego por meio da afirmação definida de sua própria postura. Com esse posicionamento, é muito frequente a sua profissão depender de um parente, ou envolver um parente. A sua carreira pode exigir uma boa dose de deslocamentos.

Regente da décima na quarta: Este é o posicionamento clássico de escritores, ou de qualquer profissão que possa ser desenvolvida em casa. Muitas vezes a sua carreira tem uma vinculação com a terra — agricultura, arqueologia, geologia, imóveis. Também pode ser que você trabalhe com seus pais, ou com um deles, ou que assuma os negócios deles. Pode ser que você decida fazer alguma coisa para demonstrar seu amor por seu país, do seu próprio jeito.

Regente da décima na quinta: Muita gente envolvida com teatro e cinema tem esse posicionamento. Colocam seu talento artístico inato e sua criatividade (quinta) na sua carreira (décima). Algumas vezes não é você quem fica famoso, mas sim seus filhos, ou você ajuda a carreira de seus filhos; é o caso de muitas mães de artistas.

Regente da décima na sexta: Quando o regente da vida profissional está na Casa do trabalho, na maioria das vezes o trabalho se torna a profissão. Pode ser que você trabalhe em contabilidade para pagar o seu aluguel, termine seus estudos, faça seus exames e se tome um contador formado. Ou, como aconteceu com uma de nossas clientes, você pode ser secretária num escritório imobiliário, fazer um curso de vendas e conseguir um registro como corretora de imóveis, vindo a ganhar um bom dinheiro e acabar montando a sua própria agência. Como a sexta também é a Casa da saúde, muitos médicos e pessoas que trabalham em hospitais têm essa colocação, assim como pessoas envolvidas com a área de nutrição e higiene. Em alguns casos você não tem uma carreira, mas gosta de prestar serviços e seu posicionamento na comunidade se volta para o serviço local e comunitário. Pode ser que você faça carreira militar.

Regente da décima na sétima: Pode ser que a sua carreira implique muitos contatos com o público, ou que você se envolva profissionalmente com seu parceiro. Pode ser que seu cônjuge desempenhe um papel importante na sua carreira. Um outro aspecto dessa configuração é ter uma profissão na qual você lide diretamente com pessoas. Você precisa de um intercâmbio com o público; alguns vendedores extremamente bem-sucedidos têm esse posicionamento.

Regente da décima na oitava: A não ser que os aspectos ao regente sejam muito difíceis de integrar, você vai receber apoio de fontes externas, do seu parceiro ou do público, principalmente no caso de lidar com bens de consumo público. Esta colocação é excelente para qualquer ocupação que precise desse tipo de apoio: o dramaturgo que precisa de retaguarda financeira para produzir sua peça, o ator que precisa do aplauso e da aprovação do público, o político que precisa do dinheiro dos outros para sua campanha e do voto do povo para ser eleito. Em muitos casos, você não tem necessidade de trabalhar para ganhar a vida, mas pode se dedicar a obras de caridade, pois a renda do seu parceiro é suficiente para que os dois vivam dela; ou o seu cônjuge pode ter morrido, deixando-lhe dinheiro suficiente para que você desfrute de um bom padrão de vida.

Regente da décima na nona: As necessidades do seu ego estão imbuídas da sua filosofia de vida. Não importa o que faça, você raramente transige em relação a suas ideias e ideais. Se o regente for Saturno e Júpiter reger a nona Casa, a religião pode desempenhar um papel muito importante. Com o regente da décima na nona, as viagens sempre são importantes para você. Pode ser que você escolha uma carreira em que possa viajar bastante, como ter urna agência de viagens, ou trabalhar nesse ramo; seguir uma carreira militar, se Marte estiver envolvido; entrar na aviação, principalmente se Urano estiver proeminente no mapa. Uma boa quantidade de comissários de bordo têm esse posicionamento. Como a nona também é a Casa da educação superior, essa colocação é frequente no mapa de professores universitários em todos os níveis. Muitas vezes acontece de você vir a dar aulas numa área em que já teve uma experiência bem-sucedida — por exemplo, o engenheiro aposentado que passa a dar aulas de engenharia para adultos num curso médio.

Regente da décima na décima: Grande parcela da sua vida pode se centrar em tomo da necessidade de provar a si mesmo e aos outros que você é alguém, que é importante, e que pode, precisa e vai ter sucesso. Você pode fazer isso de várias maneiras, pois as possibilidades são tantas quanto as pessoas — o que torna você diferente dos outros é o fato de esta ser a motivação da sua vida. Como a décima Casa representa um dos genitores, pode ser que sua carreira seja consequência da orientação ou ajuda deles. É possível que você siga os passos de seus pais, assumindo uma empresa familiar. Temos visto acontecer o contrário com a mesma frequência — você passa a vida toda provando a um genitor ausente que passa muito bem sem ele. Isso se aplica especialmente ao caso de pais divorciados, quando a mãe fica com a guarda de um filho e este tenta provar a ela que pode sustentá-la tão bem ou melhor que o pai. Quanto mais desafiadores forem os aspectos ao regente, com tanto mais empenho vai ser feita essa tentativa.

Regente da décima na décima primeira: Pode ser que a sua carreira ou seu lugar na sociedade sejam muito orientados para um grupo. Muitas pessoas que frequentam as colunas sociais e que transformam em carreira o fato de pertencerem a todo tipo de organizações têm esse posicionamento. Também é o caso de alguns políticos, como deputados e senadores, que trabalham em grupos organizados, como o senado, a câmara de deputados, as assembleias legislativas ou o parlamento, em outros países. Você também pode se envolver em trabalho grupal em sindicatos. Em geral, os amigos desempenham um papel importante na sua vida profissional — pode ser que você trabalhe com um amigo, ou que algum amigo lhe dê respaldo moral e financeiro.

Regente da décima na décima segunda: Grande parte da sua atividade profissional pode ocorrer por trás dos bastidores, como é o caso de diretores, produtores e todos os outros que trabalham em cinema e teatro mas que nunca são vistos "de frente". Pode ser que você escolha uma carreira da décima segunda Casa — entre outras, medicina, enfermagem, trabalho em prisões. Em nossa clientela temos vários médicos com essa colocação no mapa. Esse também é um posicionamento mais ou menos típico de escritores, já que grande parte de seu trabalho é feito em solidão, se possível a portas fechadas. Muitas vezes você é uma eminência parda, a pessoa que faz muitas sugestões, toma decisões mas nunca é realmente vista pelo público, já que os pronunciamentos são feitos pela pessoa oficialmente investida de poder. Esse posicionamento indica, frequentemente, que você é muito reservado, se não misterioso, no que concerne a sua carreira, como no caso de alguém que trabalhe na CIA. Em nível psicológico, pode ser que você não deseje revelar as verdadeiras necessidades de seu ego.