sábado, 4 de junho de 2016

Regentes da Décima Segunda Casa, por Marion March & Joan McEvers

Esta é a última Casa do zodíaco. É uma Casa cadente e de conclusões; seu signo natural é Peixes e seu regente natural é Netuno. Como Netuno é o planeta da ilusão e da iluminação, dos impulsos espirituais ou escapistas, sentimos um certo mistério na décima segunda Casa. Peixes é sensível, intuitivo, compassivo e disposto ao sacrifício; um pouco de tudo isso se junta para tomar a décima segunda Casa a mais inspiradora de todas. Porém, precisamos nos lembrar de que esta é a Casa que precede o Ascendente. O Ascendente descreve o corpo exterior, o que está à vista de todos; a décima segunda é a sua parte oculta, a área onde você é capaz de enganar o mundo e a si mesmo. Psicologicamente, é o seu subconsciente — lé dentro armazenados nos bancos da memória, estão todos os traumas e todas as alegrias em relação a tudo que lhe aconteceu desde o nascimento. Se você vai usar a chave certa para encarar o seu ego mais interior é uma decisão que só você pode tomar.

Alguns mapas têm um ritmo mais favorável e uma necessidade mais profunda de um exame interior; basicamente, porém, todos podem optar entre o conhecimento e a ignorância. Em termos práticos, ou cotidianos, a décima segunda Casa pode mostrar muitas das atividades que você conduz nos bastidores, aquilo que você faz sozinho ou em total privacidade; também pode revelar se você presta serviços ou trabalha em alguma profissão assistencial, como funcionário de hospital, médico, enfermeiro etc. O serviço da décima segunda Casa tem uma conotação maior de doação e sacrifício do que o da sexta — por exemplo, obras de caridade. Também descreve locais de confinamento ou instituições em que você fica preso ou afastado da realidade. Num sentido mais positivo, mostra a área onde você pode descobrir seu
verdadeiro eu, onde encontra inspiração e fé.

Regente da décima segunda na primeira: Este posicionamento, mais do que qualquer outro, mostra uma profunda necessidade de exame interior, à medida que você percebe que só se conhecendo é possível representar aquilo que você definiu como sua imagem. Isto não significa, necessariamente, que você vá encarar o seu subconsciente, mas sim que sente o ímpeto de explorar o que está por baixo da superfície.

Regente da décima segunda na segunda: Evidentemente, todo posicionamento planetário pode ser usado de forma positiva ou negativa, mas às vezes fica muito evidente qual a forma de uso. É o caso desse posicionamento. O uso positivo ajuda-o a descobrir seus verdadeiros valores, a utilizar seus talentos e recursos e a desfrutar de suas posses para tomar a vida mais divertida. O uso negativo tem o mesmo efeito de Saturno na segunda Casa — sempre com medo de acabar num asilo para indigentes, fazendo do dinheiro e dos objetos materiais um fim e não um meio.

Regente da décima segunda na terceira: Sua necessidade de comunicar ao mundo seus mais íntimos pensamentos é uma forma de expressão desse posicionamento, que aparece no mapa de muitos escritores. Muitas vezes, no entanto, o funcionamento é exatamente o inverso: você usa sua natureza sensível e a sua aguda percepção para deixar que os outros comuniquem com você. Em alguns casos, você é o manipulador de bastidores, falando e, de alguma forma, se comunicando através dos outros. Alguns escritores que usam pseudônimos têm esse posicionamento. É possível que haja envolvimentos secretos que acabam quase sempre vindo a público, já que a terceira é uma Casa aberta, de comunicação livre.

Regente da décima segunda na quarta: A necessidade de ser você mesmo se evidencia claramente em sua natureza, assim como a necessidade de ter tempo para você mesmo, ou pelo menos um local — um cantinho da casa — que possa chamar de seu. Você é muito reservado e, a menos que tenha um Ascendente em fogo, os outros o julgam quieto e até tímido. Muitas vezes se retira para o seu pequeno mundo, principalmente se o regente da décima segunda for Netuno, Vênus, Plutão ou a Lua. Também pode ser que você seja do tipo caseiro e até tente trabalhar ou desenvolver uma carreira dentro de casa. Em alguns casos, esse posicionamento lhe confere a responsabilidade de cuidar do genitor representado pela quarta Casa.

Regente da décima segunda na quinta: A aplicação prática mais óbvia desse posicionamento é a possibilidade de você ter alguns envolvimentos amorosos secretos. Se você vai ser capaz de ter prazer com esses envolvimentos, ou se eles vão continuar secretos, só pode ser apurado pelo exame do mapa em sua totalidade. Algumas vezes ocorre o efeito inverso. Temos alunos e clientes com o regente da décima segunda na quinta, mas, como os planetas não foram bem integrados no mapa, eles fogem de quaisquer envolvimentos românticos, dizendo que namorar é imaturo ou infantil. Em vez disso, usam a energia nos esportes, no trabalho ou em ambos. Pode ser que você sofra decepções com seus filhos, ou, o que ocorre com muita frequência. pode ser que você seja enérgico demais com eles; em consequência, eles não conseguem corresponder às suas expectativas ou exigências.

Regente da décima segunda na sexta: Pode ser que você seja aquele trabalhador pé-de-boi, que tenta fugir do seu eu interior ficando sempre tão ocupado que nunca tem tempo de olhar para dentro de si. Tanto pode ser trabalho remunerado como voluntário. Em alguns casos, principalmente se o regente não for forte no mapa, pode ser que você decida que o trabalho não é seu forte; ao contrário, pode aposentar-se prematuramente ou então trabalhar o suficiente para sobreviver e dedicar o resto do tempo a assuntos mais profundos. Pode ser que parte do trabalho executado por você consista em tomar conta de alguém doente ou deficiente, ou substituir alguém nessas condições. Se o planeta regente da décima segunda Casa gerar muita tensão, é preciso que você encontre algum trabalho ou hobby para integrar a energia e usá-la de forma positiva; caso contrário, o resultado pode ser uma doença.

Regente da décima segunda na sétima: Pode ser que um parceiro seja a chave para a sua autocompreensão e, dependendo dos aspectos, para que encare honestamente a si mesmo e às suas necessidades. Se Saturno ou Plutão estiverem envolvidos, pode ser que você tenha um relacionamento profundo e total, um vínculo que só a morte é capaz de desfazer. Como acontece tantas vezes na astrologia, pode ocorrer o inverso, quando planetas mais leves ou inconstantes regem a décima segunda Casa.

Regente da décima segunda na oitava: Os textos antigos simplesmente dizem: "Problemas com heranças ou morte de inimigos secretos." A abordagem da astrologia sem dúvida mudou com o passar dos anos. As heranças podem ter o seu papel, mas não é preciso haver problemas com elas; na realidade, pode ser que elas lhe possibilitem ir ao encalço de seus mais profundos desejos e necessidades. Existe a possibilidade de você obter apoio (oitava Casa) de fontes ou
sociedades secretas como a Máfia.

Regente da décima segunda na nona: Grande parte do seu sustento interior vem da religião; muitos líderes religiosos têm esse posicionamento.

Regente da décima segunda na décima: A interpretação mais evidente é que sua carreira pode se orientar em termos da décima segunda Casa — medicina, enfermagem, trabalho em prisões ou na igreja. A conclusão óbvia é que a sua carreira poderá ajudá-lo a adquirir visão interior, em especial no campo psicológico — onde você não apenas recebe treinamento para ajudar os outros, mas precisa, antes de mais nada, ser analisado. Até que ponto você aplica esse aprendizado a suas necessidades, e até que ponto você realmente quer encarar o seu subconsciente, depende da integração do seu mapa e de como você decida usá-lo. Há muitos casos em que o trabalho lhe fornece propósito e aumenta sua confiança íntima, porém também pode ser usado como desculpa para não se encarar de frente — o velho álibi de estar muito ocupado, de ter que cumprir obrigações.

Regente da décima segunda na décima primeira: Pode ser que seus amigos sejam um fator-chave no seu processo de autoconhecimento e autoconfiança, a menos que o regente seja Netuno, ou que a qualidade dos aspectos torne muito difícil trabalhar com o mapa — nesse caso, é preciso precaver-se contra amigos que desaparecem nas horas más. Pode ser que você seja um manipulador de bastidores de alguma grande organização, como a CIA ou organizações secretas semelhantes. Ou um mestre em negociações secretas. Pelo que pudemos observar, o que ocorre com mais frequência com esse posicionamento é que você mantém seus objetivos (décima primeira) bem ocultos (décima segunda), ou que seus desejos e esperanças (décima primeira) são muito nebulosos, precisando ser mais bem compreendidos (décima segunda).

Regente da décima segunda na décima segunda: Esse posicionamento, mais do que qualquer outro, lhe dá força inata, como um manancial onde você pode buscar água sempre que necessário. Não é que você entenda, necessariamente,suas motivações ou necessidades subconscientes, mas quando as coisas vão mal você sabe instintivamente o que fazer. É um dos posicionamentos mais intuitivos do regente da décima segunda. Podemos usar as energias planetárias de muitas formas; a utilização negativa, entretanto, em geral é mais fácil que a positiva.