terça-feira, 25 de abril de 2017

Sobre Dignidades Planetárias, por Claudio Fagundes

Há lugares do Mapa, onde os planetas estão mais fortes ou mais fracos. Quando estão localizados no signo que têm regência estão mais fortes, estão dignificados. Em segundo lugar os planetas que estão em seus signos de exaltação também estão dignificados, mas não estão tão fortes quanto na regência. Em terceiro lugar, os planetas que estão nos signo em triplicidade, estão também dignificados, porém não tão fortes quanto na regência e na exaltação. Em quarto lugar, os planetas que estão em determinados graus dos signos, estão também dignificados por termos; só que não estão tão fortes quanto na regência, na exaltação e na triplicidade. Há, ainda, uma quinta dignidade que é a face ou decans (decanatos), que eu ainda vou apresentar o que os autores falam sobre esta; é uma dignidade que não é tão forte quanto a regência, a exaltação, a triplicidade e os termos.

Por outro lado, existem também signos onde os planetas estão fragilizados: nos signos que estão em detrimento (mais forte) e em queda.

Os planetas que não estão com nenhuma dignidade nem fragilidade são chamados de peregrinos.

Esses posicionamentos são importantes para diversos métodos da astrologia tradicional.