sábado, 29 de abril de 2017

Sobre os Aspectos, por William Lilly

Quando dois planetas estão igualmente distantes um do outro sessenta graus, dizemos que eles estão em aspecto sextil.

Quando estão à distância de noventa graus um do outro, chamamos a esse aspecto um aspecto quartil.

Quando os planetas estão a cento e vinte graus de distância, dizemos que estão em aspecto trígono.

Quando dois planetas estão a cento e oitenta graus de distância, chamamos a esse aspecto uma oposição.

Quando dois planetas estão no mesmo grau e minuto de qualquer signo, dizemos que estão em conjunção.

Assim, se Saturno se encontrar no primeiro grau de Áries e a Lua ou qualquer outro planeta no primeiro grau de Gêmeos, dir-se-á que estão em aspecto sextil, pois estão à distância de sessenta graus um do outro, e este aspecto é sofrivelmente bom.

Se Saturno ou qualquer outro planeta estiver no primeiro grau de Áries e outro planeta estiver no primeiro grau de Câncer, deve-se dizer que estão em aspecto quartil, porque há noventa graus do zodíaco entre eles; este aspecto é de inimizade e não é bom.

Se Saturno estiver no primeiro grau de Áries e qualquer planeta estiver no primeiro grau de Leão, existindo assim a distância de cento e vinte graus, eles aspectam-se um ao outro com um trígono; e isto denota harmonia, concórdia e amizade.

Se se encontrar Saturno no primeiro grau de Áries, e qualquer planeta no primeiro grau de Libra, estando eles assim a cento e oitenta graus um do outro, diz-se que estão em oposição. É um mau aspecto; e deve-se ter o cuidado de saber quais são os signos que se opõem pois sem isso não se pode levantar uma figura.

Quando Saturno estiver no primeiro grau de Áries e qualquer planeta estiver no mesmo grau, diz-se então que estão em conjunção. E este aspecto é bom ou mau conforme a natureza da questão perguntada.

William Lilly, in Astrologia Cristã, ebook, p. 26-7.