terça-feira, 25 de abril de 2017

As Dignidades Celestes dos Planetas - Termos, por Clélia Romano

Termo significa limite e pedaço, e é dito que um planeta que está em seus termos está em seu próprio domínio e pode agir como quiser.

Os termos não são divisões equânimes dos 30 graus de um signo. O Sol e a Lua não entram na divisão e observamos que muitas vezes os graus finais dos signos pertencem a Saturno e Marte.

A origem dos termos é muito antiga e certamente tem a ver com a tradição egípcia.

Existem três tipos de divisões dos termos: os egípcios, os ptolomaicos e os caldeus, que Ptolomeu introduziu e nunca usou. Aliás, não se conhece autor que os tenha usado.

Desde Dorotheus de Sidon, helenista do século I de nossa era, em seu Pentateuco, um poema sobre astrologia, os termos adotados eram os termos egípcios. Eles foram usados pela grande maioria dos autores tradicionais.

Ptolomeu acreditava, porém, que tal sistema era arbitrário por não se basear em coisa alguma a não ser na tradição imemorial. Daí ele propôs os seus próprios termos, que considerou mais lógicos.

Tais termos passaram a ser usados quando Ptolomeu foi descoberto pela civilização ocidental como a tábua de salvação para fugir à abominável corrupção árabe.

Faltou aos Ocidentais ter contato com a obra de Valens (entre outros), só disponíveis através dos persas que traduziram para o Pahlavi no século III de nossa era, os nove volumes da Antologia, os quais foram usados por Masha'allah e Abu Mashar.

Eles estão representados na figura a seguir.



Mas, como o árabe necessitava ser banido, os cristãos apegaram-se a Ptolomeu e o traduziram do grego. Ptolomeu foi a fonte áurea de onde bebeu a astrologia ocidental a partir de 1400.

Neste livro seguirei os termos egípcios, os mais usuais, usados por Firmicus Mathernus, Masha'allhah, Ibn Ezra, Al Biruni, Bonatti, etc.

Exemplificando: em Áries, Júpiter rege os primeiros 6°, Vênus os 6° seguintes, os 8° adiante ficam regidos por Mercúrio, a seguir outros 5° são regidos por Marte e os últimos 5° por Saturno, de forma que cada fileira perfaz 30 graus, os graus de um signo. A soma de todas as fileiras perfaz 360 graus.

Os termos tiveram muita importância em livros antigos, como o Liber Hermetis, onde de acordo com Robert Zoller, é dito que o status social dos pais do nativo tem a ver com o planeta que rege o termo do Sol (status do pai) e da Lua (status da mãe).

Clélia Romano, in Fundamentos da Astrologia Tradicional, Edição do Autor, 2011, p. 48-9. http://www.astrologiahumana.com/