segunda-feira, 10 de julho de 2017

O Hyleg e o Conhecimento da Duração da Vida, por Abu Ali Al-Khayyat

Se você estudou a criação do nativo, e deseja saber agora a duração da sua vida, procure o hyleg, começando, em nascimentos diurnos, pelo Sol: se ele estiver nos ângulos ou sucedente dos ângulos, em um signo masculino; ou em um quadrante masculino, e se o Senhor de seu domicílio (ou o Senhor do seus termos, ou o Senhor da exaltação ou da triplicidade do mesmo, ou da face) o aspectar, então ele poderá ser o hyleg.

E o Sol (nem outro planeta) não poderá ser o hyleg a menos que algum dos Senhores das cinco dignidades essenciais o enxerguem [façam aspecto com ele]: e [este é] um julgamento [que] deve ser observado sempre em todas determinações do hyleg.

Se, da maneira acima mencionada, o Sol não for o hyleg, olhe para a Lua: se ela estiver nos ângulos ou os sucedentes aos ângulos, se estiver em um signo feminino ou em um quadrante feminino, e algum dos senhores das cinco dignidades acima mencionadas a aspectarem, ela será o hyleg. Se, no entanto, a Lua estiver de uma maneira diferente {da apresentada acima], ela não será o hyleg. Para então, se a natividade for conjuncional [sizígia com a Lua Nova, conjunção Sol-Lua antes do nascimento], procure o hyleg [a partir do grau do] Ascendente, assim como você o procurou através do Sol e da Lua.

Em seguida, se [o Ascendente] não pode ser o hyleg, procure o hyleg da Parte da Fortuna. Mas se também não funciona, então procure o hyleg de forma semelhante a uma daquelas [estrelas, planetas] que eram mais dignas no grau de conjunção ou oposição dos luminares anteriores à natividade [sizígia].

Nas nativas noturnas, comece com a Lua. Se  ela estiver em um ângulo ou um sucedente de ângulo, e em um signo feminino, ou em um quadrante feminino, e se um dos senhores dos cinco das dignidades fizer aspecto com ela, será o hyleg. Mas se não for como dissemos não estará apta para ser o hyleg, procure [então] o hyleg do Sol. Se estiver em um ângulo ou um sucedente de um ângulo, e em um signo masculino, ou em um quadrante masculino, e um dos senhores dos cinco dignidades fizer com ele aspectos, será o hyleg. Mas se o Sol não for apto para a dignidade de hyleg, e era uma natividade da Lua cheia, procure o hyleg da Parte da Fortuna. Mas se  esta não for apta para ser o hyleg, selecione o grau da Lua Nova ou a Lua Cheia [sizígia] que precederam a natividade. Se estiver em um ângulo ou um sucedente de um ângulo, e um dos senhores das cinco dignidades essenciais fizer aspecto, será o hyleg.

Mas quando o Sol está no hyleg, e não tem um alcochoden (1), procure o hyleg do grau da Lua Nova ou da Lua Cheia que estava antes da natividade. Finalmente, se nenhum desses [potencial] hylegs tiver um alcochoden, o nativo será frágil e viverá apenas um curto período de tempo.

No entanto, deve-se notar que quando você selecionou o Ascendente, ou a Parte da Fortuna, ou o grau de conjunção ou oposição [sizígia], não importa se está em signos masculinos ou femininos (porque é bom em todos os signos), Mas você deve considerar se está em um ângulo ou um sucedente de um ângulo. E quando a Parte da Fortuna é a hyleg, você não procurará um alcochoden que não seja o senhor do domicílio, nem da exaltação, nem do termo.


(1) Este termo é escrito em várias maneiras em latim e em inglês. É uma transliteração do "al-kadkhudah" árabe de uma frase do meio persa usada para traduzir o "governador de casa" dos "oikodespotes" gregos ou simplesmente "régua". Wilson (Dicionário de Astrologia) o define como "um nome árabe para o hyleg", mas isso é incorreto. Na verdade, é o dos "senhores das cinco dignidades" que está em aspecto com o Hyleg. Assim, torna-se uma espécie de governante comum da vida do nativo, como é explicado abaixo no capítulo 3.


Capítulo 2
Abu Ali Al-Khayyat, in The Judgments of Nativities. Tradução de Claudio Fagundes (sujeita a revisão permanente)

O livro pode ser adquirido aqui:
https://www.amazon.com/gp/product/0866903399/ref=oh_aui_detailpage_o05_s00?ie=UTF8&psc=1