sexta-feira, 27 de maio de 2016

Aspectos Plutão — Vênus, por Puigross

A pessoa que apresenta esse aspecto sente a iniludível necessidade de manter relações de caráter íntimo, de experimentar algum tipo de satisfação emocional.

Sua proximidade e implicação em relação a todas as manifestações do emocional são intensas, e o desejo de aprofundar-se ao máximo na relação afetiva se torna urgente e às vezes compulsivo. Necessidade de desvelar os mistérios do sexo, do amor, de transgredir as convenções existentes nesse domínio e de exercer, impor, todo o seu poder emocional e sexual. Possui magnetismo, carisma e atração.

Se esses dois planetas permutam suas energias de forma harmoniosa, o amor flui livremente, da ternura à paixão. Inspirado, profundo, pleno e rico, o êxtase amoroso pode ser a chave da transformação do indivíduo.

Em sua expressão mais elevada, esse aspecto simboliza o amor universal, o princípio que transcende todas as barreiras, quer sejam étnicas, raciais, culturais ou sociais.

A graça e a gentileza de Vênus, bem como sua capacidade criativa, se contrapõem à força criadora e à habilidade para a adaptação aos propósitos secretos de Plutão. A capacidade de amar se conjuga com a sexualidade. Não há dúvida de que esse aspecto pode mostrar o lado mais belo do amor, mas também é certo que nunca é simples, persistindo sempre um sentimento de fatalidade diante do qual não se admitem comportamentos ingênuos. Grande fascínio pessoal, erotismo intenso, sensibilidade, hedonismo e desejo de manifestar-se através da harmonia, do afeto e da fruição de prazer.

Pode proporcionar grandes dotes criativos nas diferentes manifestações da arte. Amor pelo belo e por tudo o que torna a vida agradável. Vênus oferece certa proteção nas circunstâncias difíceis provocadas por Plutão.

As relações construídas sobre a utilização adequada desse aspecto se baseiam na igualdade e na aceitação dos valores de cada um e são suficientemente fortes para durar por toda a vida. Quando ama, o indivíduo adora o ser amado, é fiel e leal e não complica sua vida com trivialidades e amores passageiros.

Se outros aspectos não o impedem, possui uma personalidade harmoniosa, sociável, relacionando-se com todos de modo indiferenciado. Busca a bondade e a beleza nos outros e se identifica com seus problemas, procurando dar-lhes uma solução. Vênus rege tanto as relações como o conforto material, tanto a casa sete como a casa dois, e é comum dizer-se que existe um forte vínculo entre o amor e o dinheiro: "Quanto mais uma pessoa ama, mais abundância tem em todos os níveis".

A relação entre esses dois planetas se reveste de muitas aparências e nem todas são harmoniosas: algumas são francamente desagradáveis e até trágicas. Entre outras coisas, ostenta a merecida fama de romper casamentos.

Orgulhoso, apaixonado, pouco leal, a intensidade de sua paixão acarreta, de modo paralelo, fortes doses de rancor, vingança, traição e a revelação do potencial que o próprio indivíduo possui para destruir aquilo que mais ama.

Propensão para triângulos amorosos, os quais provocam em seus participantes um sofrimento considerável.

Forte poder para procriar; possessivo e ciumento, o indivíduo mostra uma paixão obsessiva. A autoindulgência e o amor pelo prazer podem levá-lo facilmente para a trilha da depravação. De modo frequente, esse aspecto se manifesta sob a forma de problemas sexuais, físicos ou psíquicos. Geralmente há uma incompatibilidade nas relações; também é comum a inclinação à homossexualidade e à bissexualidade. Até mesmo pessoas cuja conduta é inteiramente heterossexual experimentam uma sensação de atração-repulsão em relação a um dos dois sexos, uma dualidade muito típica de Plutão. Favorece a propensão para a luxúria, cobiça, ansiedade, avareza e voracidade no comportamento e, em outra ordem de coisas, estimula o comércio sexual. Desenganos na vida emocional e, caso não se modifique a característica do aspecto, sérios problemas nas relações amorosas e rupturas que, com Plutão, perduram para sempre.

Outra das características de Plutão, a morte, às vezes se concretiza na perda do ser amado, que ocorre quando dele mais se necessita.

Plutão nos priva daquilo que mais desejamos ou necessitamos, amputa algo pessoal, elimina nossas muletas e nos obriga a andar.

Plutão representa uma parte tão vital do indivíduo que este não pode fugir, não pode escapar a ela, tampouco reprimi-la; só lhe resta a alternativa de enfrentar a experiência plutoniana a partir de seu próprio nível, entendê-la como uma fase necessária do processo de desenvolvimento da própria pessoa.

Emocionalmente insaciável, tem múltiplas aventuras eróticas e mostra tendência para a ninfomania. Trata-se do aspecto dos símbolos sexuais.

A relação Vênus — Plutão simboliza as provas e a oportunidade para reorientar e refinar a natureza amorosa e dos relacionamentos. E a vida proporciona ao indivíduo as situações nas quais ele tem possibilidade de praticar essa arte. Esse indivíduo está aprendendo a ser gentil, não para conseguir objetivos pessoais, mas porque isso torna a vida mais agradável para todos.

Está transformando seus valores nessa área e refinando o sentido que para ele têm os conceitos de "prazer", "felicidade" e "amor". Enquanto esses valores não são regenerados, o indivíduo tem urna vida emocional insatisfatória e uma grande dificuldade em experimentar a sensação de amar e ser amado.

No caso específico da oposição, inverte-se a situação: os outros, seus companheiros, apresentam o problema mencionado, e o indivíduo sofre os seus efeitos.