sexta-feira, 27 de maio de 2016

Aspectos Plutão — Marte, por Puiggros

Esse aspecto, como o de Vênus, está ligado à sexualidade, mas, enquanto este apresenta um erotismo agradável e amoroso — já que envolve a expressão de ambos —, o marciano exerce a expressão de poder de um sobre o outro, procedimento que, em certa medida, se assemelha a um rapto. Envolve o conceito de sobrevivência, o sentido que o homem dá à sua capacidade de autodeterminação. A confiança — ou a ausência dela — em si mesmo, na própria força.

A energia representada por Marte se manifesta na extroversão; o indivíduo procura satisfazer seus desejos e impulsos em seu ambiente material mais próximo. Marte é a energia que usamos no mundo e Plutão simboliza a energia que utilizamos para trabalhar no inframundo, isto é, em nossa estrutura psíquica mais profunda. Ambos estão, por assim dizer, mais envolvidos com a Terra e com o inferno que com o céu.

Desse modo, é fácil compreender que existe um profundo medo das urgências primitivas simbolizadas pelos aspectos entre esses dois planetas. Contudo, essas forças primitivas possuem em si mesmas um grande cabedal de sabedoria acerca da fertilidade e da sobrevivência, tanto biológica como psíquica.

A violência e a paixão de Marte — Plutão assustam o homem civilizado; há uma conexão entre o erótico e o sangrento, a excitação sexual e a brutalidade, e não é fácil nem cômodo confrontar-se com isso. Esse indivíduo intelectualizado sente uma aversão por suas raízes, por seus desejos mais corpóreos, e tende a enterrar esses impulsos no mais fundo de si mesmo; em outras palavras, ele os reprime.

Esta rejeição de sua parte mais primitiva desemboca frequentemente numa sensação de impotência, castração e falta de poder. Tal aspecto representa a mais dinâmica e intensa combinação de energia que pode ser encontrada no tema natal e tende a expressar-se da maneira mais radical possível.

A pessoa que possui essa imensa quantidade de energia aprecia chegar ao fundo das coisas. A presença de uma vontade poderosa, de coragem e de sentido da autodeterminação lhe permite superar todos os obstáculos com que se depara em seu caminho. Capacidade para tomar decisões e rapidez de resposta em casos de emergência.

De modo frequente, a vontade de dominar e o amor pelo poder se fazem acompanhar por certa crueldade. Tende-se a entender a força como a capacidade de conseguir o que se deseja; a parte mais animalizada da pessoa é muito forte. Por tudo isso, a própria escala de valores é muito importante, já que guia e controla a expressão do poder.

De maneira geral, esse indivíduo não se ajusta às regras da sociedade, pouco importando que use a energia de forma positiva ou negativa, que seja um destruidor ou um reformador. Ambos compartilham o descontentamento com o status quo.

Mas, se está integrado na sociedade e tem interesse em participar ativamente de seu desenvolvimento, o indivíduo está apto a canalizar essas energias, a tomar as decisões oportunas e a realizar as ações pertinentes, que muitas pessoas desejam mas que poucas podem levar a cabo.

Sua grande capacidade de autodisciplina lhe permite dedicar toda a sua força de vontade na transformação de si mesmo e dos outros. Neste caso, o aspecto regenerativo de Plutão age sobre a natureza de desejos de Marte.

Pelo contrário, se esse poder não é manejado com extremo cuidado, o indivíduo se torna prepotente e sente um compulsivo desejo de "ganhar" a qualquer preço, desejo esse que o obriga a justificar para si próprio todas as suas atitudes e condutas. Rege-se pela lei do mais forte e menospreza qualquer código moral ou ético. Deseja impor sempre a sua vontade, a sua força, e fazer o que bem entende; entretanto, como é impelido por forças compulsivas, por impulsos racionais descontrolados, poucas vezes sabe o que verdadeiramente deseja.

Na melhor das hipóteses, manifesta uma grande compreensão do que significam a luta e a violência. Plutão empresta consciência à força bruta de Marte e, em caso de luta e agressão, essa força é inteligente e velada.

Autoconfiança, ambição, capacidade de trabalho, constância e uma energia quase ilimitada lhe permitem conseguir o que deseja. Esse personagem nunca se rende. Persistência. Com outros fatores favoráveis, longevidade.

Exige demasiado de si mesmo. Quando atinge um objetivo, o indivíduo estabelece para si outro mais longínquo, já que precisa superar constantemente suas próprias conquistas, fator que gera nele uma grande tensão interna e um alto nível de frustração, caso não consiga seu propósito tão rapidamente quanto esperava. Esse indivíduo cria, de modo contínuo, suas próprias frustrações.

Tendência a usar a força e táticas de guerrilha para atingir seus objetivos. Obsessão de vencer. Desgaste inútil de energia. Atitude antissocial. Afligido por Saturno, tendências sádicas. Impaciência, cólera. Em alguns casos, indica pouca vitalidade física. É também símbolo de morte violenta.