quinta-feira, 18 de maio de 2017

O significado das Casas, por Clélia Romano

O primeiro conceito a evitar é tomar o sentido de uma casa análogo ao de um signo conforme o zodíaco padrão, isto é dando à primeira casa o sentido de Aries, à segunda o sentido de Touro, etc. Existe em astrologia moderna tal tendência: no entanto as casas, embora numeradas de 1 a 12, não devem de forma alguma seu significado aos signos.

A primeira casa significa vida, corpo e a qualidade própria que é reconhecida no nativo, como sua aparência fisica.

A segunda casa ou o Portão de Hades significa aleitamento do nativo, nutrição, as posses materiais móveis, o dinheiro. Segundo Vetius Valens, os benéficos presentes não ajudam.

A terceira casa ou Casa da Deusa significa os irmãos, vizinhos, co-parentes, pequenas viagens, locomoção de um lugar ao outro, cartas, mensagens. Al Biruni cita inteligência e conhecimento.

A quarta casa ou subterrâneo significa os pais e a família, os ancestrais, a descendência, as propriedades imobilizadas e as terras, podendo também significar coisas enterradas, como tesouros ou heranças. Segundo autores helenísticos pode ter relação com fantasmas e assombrações.

A quinta casa ou Boa Fortuna significa crianças, filhos, criatividade, roupas, prazer, divertimento, incluindo o sexo.

A sexta casa, ou Má Fortuna, significa os empregados, as doenças, excesso de trabalho, segundo Al Biruni, habilidades que desenvolvemos, segundo Robert Zoller pequenos animais.

A sétima casa é o lugar do ocaso e significa o esposo/a, namorado/a, amante, os inimigos, a pessoa ou parte que se opõe ao nativo, as desavenças.

A oitava casa significa a morte, o tipo de morte, legados ou testamentos de falecidos, dotes recebidos pelo casamento, e segundo Al Biruni despesas e indigência. Segundo Vettius Valens é uma casa infrutífera, onde os benéficos não tem poder

A nona casa é a casa de Deus, e significa Deus, a religião do nativo, sonhos e profecias, grandes estudos e viagens, o estrangeiro e segundo Al Biruni também o destino, a seriedade,
o agudo discernimento, o conhecimento das estrelas e a adivinhação.

A décima casa significa profissão, carreira, os negócios, promoções, honras, o governante, além das ações que tornam o nativo conhecido por elas.

A décima primeira casa ou Bom Espírito, segundo Valens é uma casa boa para tudo: significa o futuro, as esperanças, a confiança e a qualidade dos amigos.

A décima segunda casa ou Mau Espírito significa limitações, doenças, aprisionamentos, inimigos, misérias, coisas escondidas, grandes animais e segundo Al Biruni os escravos, servos, forças armadas, o exílio, medos, multas e os tumultos.

Vettius Valens diz em seu Livro 11 da Antologia que:

A Casa Nove dá sinal do pai, a Casa 3 dá sinal da mãe, a Casa 11 dá sinal dos filhos, a Casa 5 do casamento, a Casa 12 do sofrimento, a Casa 6 dos machucados e o MC da ação. O horoscopus ou grau do Ascendente junto com o Lot da Fortuna dá sinal da vida.


Clélia Romano, in Fundamentos da Astrologia Tradicional, Edição do Autor, 2011, p. 92-4. http://www.astrologiahumana.com/