sábado, 18 de junho de 2016

Astrologia e Destino, por Catherine Aubier

A astrologia foi considerada, durante muito tempo, um meio de se conhecer e prever o destino de um indivíduo, e a ideia de que cada um de nós é dominado por um poder oculto e infalível, que dirige o curso de nossa existência e nos leva fatalmente a viver certas situações, está ainda bem arraigada no pensamento de muita gente.

Era na posição do Meio do Céu e dos planetas que aí se encontram que os astrólogos costumavam ler o destino, positivo ou negativo, de cada um. Hoje, com o surgimento em particular da astropsicologia e da astrologia condicionalista, essas opiniões estão em plena evolução, e os astrólogos tendem a acreditar que o Tema representa o que somos e que "aquilo que nos acontece é o que somos". Ainda mais porque, segundo os antigos, "somente os heróis têm um destino..."