domingo, 7 de maio de 2017

Perguntas respeitantes à segunda casa, por William Lilly

Desta casa pede-se julgamento respeitante ao patrimônio ou fortuna daquele que faz a pergunta, à sua riqueza ou pobreza, a todos os seus bens móveis, dinheiro emprestado, ao lucro ou ganho, perda ou prejuízo; em processos legais, significa os amigos ou ajudantes da pessoa; em duelos privados, os padrinhos do querente; num eclipse ou grande conjunção, a pobreza ou a riqueza do povo; na entrada do Sol em Áries, representa as munições, os aliados e o apoio que o Estado receberá; indica as suas reservas.

Num ser humano, representa o pescoço e a sua parte posterior até aos ombros; nas cores, o verde.

Assim, se alguém perguntar sobre qualquer coisa especificada acima como desta casa, deve-se procurar o significado a partir dela. É uma casa feminina e sucedente, chamada por alguns autores latinos Anaphora.

Tem como co-significadores Júpiter e Touro; pois se Júpiter estiver colocado nesta casa, ou for seu regente, é indicação de patrimônio ou fortuna; o Sol e Marte nunca estão bem posicionados nesta casa, qualquer deles mostrando dispersão de bens, conforme a capacidade e a qualidade daquele que nasce ou que faz a pergunta.

William Lilly, in Astrologia Cristã, p.51-2.