terça-feira, 9 de maio de 2017

Lua Fora de Curso, por Clélia Romano

Alguns autores tradicionais dão grande importância à Lua fora de curso, isto é quando ela não vai se aplicar a nenhum planeta até o final do signo. Tal situação representa uma ausência de acontecimentos.

Já os autores Helenísticos consideravam que a Lua só seria considerada fora de curso se não tivesse se aplicado a nenhum planeta durante toda sua passagem por determinado signo. A Lua vazia de curso e sem aspectos durante toda sua passagem pelo signo aparece em cartas de pessoas errantes, vagabundos de rua, a errar sem destino.

Em astrologia Horária a Lua fora de curso torna os acontecimentos mais lentos, mas ela não fica impedida, visto que Masha'allhah fornece inúmeros exemplos em que considera a próxima aplicação da Lua a algum planeta no signo seguinte e às vezes até no outro.

Concordo integralmente com o ponto de vista Helenístico: a Lua não pode ser considerada negativamente se estiver fora de curso em natividades, desde que ela tenha se aplicado a outros planetas no signo em que está. Em questões horárias se ela for fazer um aspecto com algum planeta no signo seguinte, isto é indicio de mais demora, mas não de impedimento.

Clélia Romano, in Fundamentos da Astrologia Tradicional, Edição do Autor, 2011, p. 77. http://www.astrologiahumana.com/