domingo, 19 de junho de 2016

Astrologia e Divórcio, por Catherine Aubier

Existe a possibilidade de divórcio (ou de rupturas brutais) quando, no tema natal, Plutão se encontra na casa VII e, com menor intensidade, quando Urano se encontra na casa IV. Ocorre igualmente quando Vênus está em conjunção, quadratura ou oposição com Urano; em um Tema feminino, o Sol está em dissonância com Urano; em um Tema masculino, a Lua. De modo geral, é preciso analisar a natureza e a posição do regente da casa VII.

O momento em que um divórcio acontece está com freqüência indicado por um trânsito (ou uma direção) de Urano em mau aspecto com Vênus, com o Sol (em um Tema feminino) ou com a Lua (em um Tema masculino). De qualquer forma, esses aspectos mostram uma crise do casal: da atitude dos parceiros depende a concretização do divórcio.

No plano estatístico, sociólogos americanos fizeram pesquisas que lhes permitiram constatar que se o troféu de freqüência dos divórcios pertencia aos nativos de Sagitário, os de Libra, Virgem e Peixes são os que se divorciam menos!