quarta-feira, 22 de junho de 2016

Estrelas Fixas, por Catherine Aubier

Esse termo, utilizado tanto em astrologia como em astronomia, não é verdadeiramente exato, pois designa astros, sóis situados no espaço a distâncias enormes de nosso sistema solar. Na verdade, não são fixas, mas deslocam-se de modo análogo a nossos planetas: é a distância que as faz parecer fixas.

A astrologia antiga atribuía-lhes importância: havia as benéficas e as maléficas, e o fato de ter um planeta em conjunção com uma dessas estrelas fixas modificava a interpretação, trazendo um tipo de fatalidade positiva ou negativa.