quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Astrologia e Orgulho (Catherine Aubier)

Esse traço de caráter constitui menos uma tendência inata do que o produto de um conjunto de faltas e de frustrações e o testemunho de uma super-sensibilidade aos olhos dos outros. O egocentrismo é quase sempre um sistema de autodefesa, fundado em medos infantis, bloqueios, até mesmo antigos traumatismos. As dissonâncias Sol-Júpiter e as de um Saturno preponderante têm a esse respeito uma importância capital. As marcas de inibição e de extrema timidez são igualmente reveladoras, por exemplo, com Saturno na casa VII, conjunção Descendente, sobretudo se esse planeta estiver em relação conflitante com o Sol, a Lua, Mercúrio ou Júpiter.

Os signos mais vulneráveis às manifestações de orgulho são Leão e Capricórnio: altivez e desejo de dominar, de não decair, no primeiro; orgulho mental daquele que está convencido de deter a verdade, no segunda Escorpião é igualmente orgulhoso, no sentido de apresentar freqüentemente como defeito uma tendência a tomar as pessoas por imbecis.