sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Introdução aos Símbolos Astrológicos (*)

Para começar a entender a astrologia, é necessário que você comece a imaginar a sua vida e a dos outros como se fosse uma peça que está sendo encenada.

Os planetas são os atores, os signos os personagens que os atores estariam interpretando na sua história. As casas astrológicas seriam o lugar no palco onde os atores/personagens estariam, os aspectos astrológicos representariam como os atores interagem na sua peça.

Alguns atores são mais apropriados para certos papéis, mas não para outros. O mesmo vale para os locais no palco. Alguns personagens não interagem bem. Outros até se relacionam bem, mas por causa dos personagens, que estão representando, a química entre eles pode deixar a desejar. Com outros atores e personagens tudo pode correr as mil maravilhas. Independente disso tudo se a peça tiver um bom diretor (você), que saiba transformar algo que aparentemente for negativo em algo produtivo, e que saiba utilizar o que já é naturalmente estruturado, a peça ficará ótima, caso contrário será um desastre, sendo um desperdício de tempo e recursos.


Um planeta está em domicílio quando está no signo que ele rege. É como um ator que está representando um papel que tem muito a ver com ele e com o qual ele tem uma grande empatia. Por isso ele está muito a vontade no papel. Quando isso acontece, tudo de positivo e negativo, representado pelo planeta, tende a ter mais facilidade de se expressar.

Um planeta está em exílio, quando está no signo oposto ao que rege. Agora o ator se depara com um personagem com a qual ele não entende. Não há empatia. Ele e seu personagem são muito diferentes, consequentemente acabará dando pouco de si, pois está fazendo o personagem mais por fazer. Por isso a características dos personagens se sobressaem sobre a dele. O planeta em exílio perde um pouco da sua força natural para se adaptar ao signo onde está.

Um planeta está exaltado quando a sua energia natural se combina muito bem com o signo onde está. Aqui o ator e o personagem não têm empatia, mas a personalidade do ator acaba enriquecendo o perfil do personagem, lhe dando características extras, que tornam ambos mais atraentes para o público.

Um signo está em queda, quando está num signo que muda completamente a sua natureza. É como o ator que não convence num papel, ou convence tanto que você não o reconhece.

Ao contrário do que pode parecer um planeta em domicílio, exaltação não quer dizer algo bom, assim como um planeta em exílio ou queda seja algo ruim, isso é mais uma questão do quanto você usa e tem consciência das forças envolvidas.


O mesmo é relativo a domicílio, exílio, exaltação e queda de um planeta por signo, e vale para um planeta na casa correspondente ao signo. Por exemplo: marte está domiciliado na primeira casa, em exílio na sétima, em exaltação na décima e em queda na quarta.


-----------------------------------------

* Extraído de um texto em PDF, sem autoria definida, sob o título "Analisando os símbolos astrológicos".