sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Plutão em Trânsito na Casa 10 Natal – A perda da razão


Plutão significa a capacidade de regeneração e transitando pela Casa 10 Natal traz esse efeito sobre a ambição em relação às coisas mundanas e sobre a atividade profissional. Plutão aqui colocado, pode trazer grandes honrarias e reconhecimento por parte de muitas pessoas. Pode, também, levar exatamente ao contrário e por essa razão deve ser encarado com certo cuidado. De qualquer forma é provável que traga uma transformação no direcionamento da vida. Traz um sentimento de poder e vontade de impactar o mundo à volta. O desejo de progredir é uma constante e isso poderá levar a cometer alguns abusos em suas relações com o mundo.

Aqui colocado, PluTão, faz sentir grande necessidade de líderar para realizar mudanças e de sentir-se importante. Ter-se-á de aprender a ser paciente e trabalhar de acordo com as regras (há tendência a não obedecê-las o que pode gerar sólida oposição).

Haverá capacidade de realizar mudanças no ambiente ao redor através do trabalho. Há uma ligação com a reconstrução seja de prédios, coisas ou até mesmo pessoas (medicina e psiquiatria).

Pode-se esperar uma valorização da reputação pessoal e, junto com isso, virá a tentação de manipular os relacionamentos com base em outros motivos. Pode-se misturar amor com negócios. Envolvimento afetivo e financeiro podem vir juntos.

Agora a capacidade de regeneração se encontra na ambição e na atividade profissional. Plutão aqui pode levar às maiores alturas do reconhecimento público ou, pelo contrário, fazer desabar às mais baixas situações de vergonha e de desonra.

Há o desejo de encontrar uma forma de produzir o maior impacto possível sobre o mundo e sente-se, internamente, como se houvesse a força necessária para poder fazê-lo. Deste modo pode-se ter muito êxito se há segurança nos propósitos, do contrário, é provável uma troca de direção no encaminhamento da ocupação ou profissão, perdendo-se alguns anos na busca da auto-realização.

Quando Plutão está mal influenciado, durante este trânsito, pode induzir à coação ou a procurar dominar os outros para satisfazer as ambições, pode levar a uma atuação amoral ou à falta de ética, criando um desejo de acumular riqueza e indo atrás dela custe o que custar. O resultado de tal conduta, através dos anos, será um colapso financeiro ou qualquer outro acontecimento trágico que obrigue a mudar seus fins e metas.

Visto de outra ótica, este trânsito de Plutão indica também o desejo de melhorar a eficiência profissional. Isto pode incluir a adoção de uma nova tecnologia e o contato com gente de muito dinheiro e poder.

No amor, poderão aparecer várias oportunidades para usar ou manipular visando algum motivo ulterior. Quando surgir esta tentação, deve-se resistir fortemente. O amor nunca deve ser temperado pelas possibilidades de ganhar em outras área. Se cedemos à tentação de manipular, todas as pessoas saberão disso e ganhar-se-á uma reputação indesejável.

Mesmo no caso de uma pessoa com reputação ilibada, devem ser tomados extremos cuidados em protegê-la.

Um caminho fácil de evitar situações de risco é separar amor de negócios e, deste modo, evitar que haja conflito. Neste sentido será possível desenvolver livremente o talento na carreira sem afetar a ternura e a honestidade dos relacionamentos amorosos.

Se já existe um envolvimento simultaneamente emocional e financeiro, deve-se ter a segurança de que os interesses não estão voltados para tirar vantagem dessa situação. Se isso é impossível, deve-se avaliar profundamente a possibilidade de romper, pois continuar poderá levar a situações catastróficas em todos os sentidos. Neste caso poder-se-á evitar as sugestões de suspeita que sempre ocorrem e manter a integridade moral e pessoal intacta.

Deve-se estar com os sentidos ligados, durante este período ocorrerão inúmeras situações de encontro com pessoas que farão propostas de pactos, tramas, conspirações envolvendo negócios, vida afetiva e desejo sexual. Pactos do tipo "amantes e negócios" são armadilhas sedutoras neste período. Não se deve cair nelas. Envolvimentos dessa natureza se misturam e num dado momento as desconfianças são inevitáveis levando a uma atitude de destruição mútua que muitas vezes pode levar a conseqüências trágicas. Deve-se procurar no fundo do espírito a maturidade emocional necessária para conduzir a vida durante este período.

Leia também: das perdas e do renascimento