quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

A Retificação do Horário de Nascimento (Catherine Aubier)

A hora de nascimento, quer seja fornecida pelos pais ou pelo registro civil, freqüentemente é falsa ou, pelo menos, "arredondada" Por isso, resultam erros de interpretação e sobretudo diferenças mais ou menos importantes nas previsões. Dessa hora depende a posição das doze casas, logo, dos quatro ângulos do Tema: Ascendente, Meio do Céu, Descendente, Fundo do Céu.

É quase impossível encontrar a hora verdadeira de nascimento quando não é conhecida ou quando há oscilação entre várias horas. Em compensação, é possível retificar uma hora de nascimento, quando ligeiramente incerta (uma hora é, em nossa opinião, uma grande diferença). Existem vários métodos de retificação da hora. Todos se apóiam na análise dos acontecimentos do passado e numa colaboração direta do consulente. São aplicáveis somente a adultos, cujo passado está "memorizado"O mais complexo consiste em utilizar as direções primárias. Para isto indicamos a obra de H. Gouchon Les directions primaires simpli fiées, editado pela Éditions Traditionelles. Essas direções pedem, com efeito, o uso de tábuas e cálculos impossíveis de se descrever ou publicar aqui. Existem outros meios, com uma abordagem extremamente complexa para um iniciante: mesmo os astrólogos experientes os utilizam com precauções! O primeiro se apóia na análise dos trânsitos planetários sobre os ângulos do Tema. Um exemplo: um trânsito de Júpiter sobre o MC indica em geral um sucesso, uma melhoria na vida pública, social ou profissional. Admitamos que o MC se encontra, segundo a hora de nascimento indicada, a 5° de Capricórnio. Júpiter esteve neste local do zodíaco durante todo o verão de 1984, no hemisfério norte. O astrólogo formula sua pergunta: "Você teve um sucesso ou uma melhoria em sua vida social e profissional no verão de 1984?" Se o consulente responder "Sim", há grandes chances de que a hora de nascimento, logo, a posição do MC, esteja certa. Se responder "Não, foi em 25 de janeiro", há provavelmente um erro.

O astrólogo procura qual seria a posição de Júpiter em janeiro: estava a 1 ° de Capricórnio. Verifica então nas tábuas de casas o tempo transcorrido entre o momento em que o MC estava a 1 ° de Capricórnio e aquele em que estava a 5°: a diferença é de 16: Conclui daí que seu cliente nasceu 16 minutos mais cedo que a hora inicialmente índicada. Naturalmente, essa retificação é insuficiente: é necessário efetuar outras, com a ajuda de trânsitos sobre os quatro ângulos do Tema. Ao MC corresponderão os acontecimentos socioprofissionais, ao Ascendente a saúde, a vitalidade, ao Descendente a vida associada aos outros, ao FC os acontecimentos na casa e no lar (mudanças de domicílio, por exemplo). É possível, também, utilizar as direções simbólicas efetuadas a partir da ponta de cada casa.

Exemplo: a ponta da casa VII está a 1 ° de Câncer. O cliente declara: "Eu me casei com 22 anos". O astrólogo acrescenta 22° à ponta da Casa VII e chega então ao 23° de Câncer. Se um planeta se encontra em conjunção ou em aspecto harmonioso exato com esse ponto, a hora de nascimento está exata. Senão, está errada. O astrólogo conta então o número de graus de erro (por exemplo, se um planeta se encontra a 25° de Câncer, de Peixes ou de Escorpião, a orbe do erro é de 2°) e retifica a hora, recolocando a ponta da casa VII dois graus mais longe.

Preconizamos mais o primeiro desses dois métodos, que é baseado no movimento real dos planetas. Mas os dois são excessivamente delicados para se manipular!

Um outro-método é preconizado pelos praticantes do estudo dos pontos médios, que notaram que a posição exata do eixo Meio do Céu-Fundo do Céu - dependendo inteiramente da exatidão da hora - estava freqüentemente sobre o grau preciso de um ponto médio.

Afinal, há astrólogos que verificam simplesmente se o simbolismo dos graus onde se encontram os quatro ângulos corresponde bem à personalidade e à vida da pessoa; se não for o caso, adaptam os ângulos aos graus que oferecem a analogia mais convincente e retificam a hora de acordo com isso.
Atenção: nenhum desses métodos oferece resultados inteiramente comprobatórios, pois a maioria das vezes exigem verificações excessivamente complexas, que colocam o astrólogo face a contradições intrincadas. Trata-se de uma verdadeira "especialização" da astrologia, que a era dos computadores - possibilitando, entre outras coisas, uma utilização mais simples das direções primárias - tornará mais acessível.