segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Plutão é profundo, oculto, misterioso (por Puiggros)

A dimensão cósmica - e, por correspondência, humana - simbolizada por Plutão é tão complexa, profunda e inacessível em termos de pensamento comum que, sempre que procuramos averiguar seu significado num tema natal individual, esse significado se encontra envolto num espesso halo de mistério. Embora, em nível geracional, haja alguma (não muita) informação baseada em acontecimentos coletivos concretos, no nível individual a explicação não está muito clara, nunca nos parecendo completa; sempre há algo oculto, sutil e difícil de ser conceituado em forma de lógica comum. Plutão situa-se a si mesmo fora da esfera do comum e seus significados adquirem uma amplitude e uma intensidade que facilmente aturdem e ultrapassam a mente melhor dotada.

A simples observação de suas características aparentes ou superficiais pouco pode ajudar-nos na tarefa de compreender com precisão seu significado profundo, tão ligado ao misterioso signo de Escorpião e à não menos oculta e transcendente casa oito,-na qual, simbolicamente, a alma se liberta. Isso implica que, para começar a entender o significado de Plutão, não podemos utilizar exclusivamente as experiências alheias, de personagens mais ou menos populares, cujas motivações mais profundas desconhecemos; devemos outrossim, e de modo inevitável, começar por nós mesmos e pelos amigos ou pessoas mais próximas de nós e que melhor podemos conhecer em profundidade.