segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Plutão na Casa 3, por Puigross

Nesse setor, o trabalho sutil e oculto de Plutão afeta a mente e o sistema nervoso, assim como, em geral, tudo aquilo que entendemos por comunicação. A ambivalência do planeta, unida à clássica dualidade desse setor, provoca mudanças drásticas nas atitudes mentais do indivíduo.

Plutão obriga a pessoa a penetrar nas regiões mais obscuras da mente e a transcender intensamente o habitual, coisas que lhe conferem uma maneira de pensar singular, às vezes genial e quase sempre obsessiva. Presença de intensos torvelinhos mentais e tendência à depressão e a pensamentos negativos.

Nesse setor, é muito poderosa a tendência plutoniana de tornar consciente tudo o que é inconsciente. Essa compulsão de mergulhar no oculto de si mesmo e dos outros, de revelar o que descobriu, condena, de modo geral, o indivíduo a experimentar uma constante insatisfação mental, decorrente da dificuldade de tentar comunicar aos outros essas impressões e percepções profundas e, além disso, de faze-lo no mesmo nível de profundidade no qual esse indivíduo atua.

Para seu equilíbrio nervoso, deve comunicar-se com as outras pessoas e, se não pode fazê-lo de forma comum, deve tentá-lo por meio da escrita ou de qualquer outro meio. Necessita expressar seus sentimentos para poder eliminá-los de sua memória.

De mente clara e atilada, pode, por reação, passar para o lado contrário e transformar-se num charlatão muito hábil na arte de enganar os outros. Astucioso e embusteiro.

Pode gerar o tipo versátil que produz um bom vendedor, locutor ou professor dotado de uma boa habilidade oratória.

Se outros fatores do mapa o apóiam, pode "transcender" e possuir algum tipo de percepção extra-sensorial.

Mal aspectado, existe a possibilidade de alguma "perturbação" mental.

É possível que se expresse de forma autoritária e irritante ao falar ou que seja fanático em suas idéias, assim como, por outro lado, que apresente uma tendência a falar sobre a morte, o trágico, o elevado e sobre qualquer coisa oculta.

Em outro nível, pode não ter irmãos e, caso esteja muito aflito, talvez indique que esses irmãos são ilegítimos.

Separações do ambiente. Possíveis problemas de circulação. Em caso de amputação de um membro, é provável que ocorra a do dedo mínimo, o de Mercúrio.

Autores de literatura sensacionalista (desnudar o culto). Autores ocultos (com pseudônimo) e acerca do

oculto e, de modo especial, críticos com uma boa dose de sátira, sarcasmo e cinismo.

Esta posição é freqüente em curandeiros que agem por "imposição das mãos".