segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Quadratura de Júpiter-Plutão

A quadratura de Júpiter e Plutão inclina as pessoas de modo geral a uma rebeldia contra a ética existente. Há uma tendência a questionar a autoridade e as regras numa busca de conseguir mais facilmente aquilo que as pessoas desejam. As pessoas quererão obter maiores lucros com menores investimentos e talvez até mesmo lucros gratuitos. Ou seja, é um momento de especulação.

As pessoas estarão propensas a comiserar-se de seus pesados encargos e usarão isso para justificar sua repugnância para aceitar responsabilidades. Para quem usa esses argumentos será um tempo de amargas decepções. O mundo não espera que as pessoas consumam esforços a mais em demais para empreendimentos questionáveis, Assim sendo, não há lógica neste tipo de comiseração. Melhor é aprender a escolher melhor os empreendimentos.

Com esse sentimento generalizado de comiseração não dá para esperar que se desenvolvam empreendimentos de natureza social. Não é também um momento de promover esforços comuns. As pessoas estão muito voltadas para seu pequeno mundo particular para pensar e envolver-se em tarefas comunitárias ou coletivas.

É um momento perigoso para extrapolar os limites de crédito. Cuidado com tudo aquilo que atrai para gastar a mais do que pode. Mas, a maioria das pessoas são descontroladas e deverão comprometer boa parte de seus rendimentos futuros em aquisições desnecessárias ou fora de hora. Este momento é especialmente desfavorável para aquisições, especialmente para quem já tem tendências dessa natureza em seu Mapa Natal.

O homem inferior deseja neste momento dedicar-se a empreendimentos amplos que afetam muitas pessoas com retornos financeiros significativos. As pessoas desejam girar o capital com rapidez e obter lucros com isso. É um caminho tenso para quem se sujeita a riscos. Especialmente aqueles que estão em esquemas arriscados e com algumas características ilegais. Problemas poderão chegar inesperadamente, porque descuidos serão inevitáveis e as manobras escusas poderão ser descobertas.

Pegar dinheiro emprestado, realizar manobras políticas aéticas e atividades de risco financeiro não são boas escolhas no momento. Explorar os outros inescrupulosamente para auferir lucros podem colocar as pessoas como algozes ou, mais facilmente, como vítima de sua própria avidez de ganhos.

Os desejos sexuais estarão rondando as atividades de negócios. Pode haver excesso de vontade de conquistar e submeter sexualmente as pessoas. É um tempo em que as pessoas querem o sexo casual e momentâneo, poderão para tal utilizar de qualquer artifícios para conseguir: dos mais refinados aos mais grosseiros. As pessoas estarão mais propensas a encontros momentâneos e muito pouco preocupadas com o decoro. Não querem saber das conseqüências.

A saída aqui é reconhecer as próprias debilidades e negligências, senão os desapontamentos serão inevitáveis. É imperativo examinar a vida em retrospecto e honestamente perceber os próprios erros de curto prazo. É um tempo difícil para aprender a partir de experiências passadas, mas se isso não for feito as esperanças futuras tendem a permanecer como sonhos vazios.