segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

A válvula de segurança (por Puiggros)

Houve, entre os astrólogos, muita especulação acerca do fato de que os planetas pesados - Urano, Netuno e Plutão - não trabalham no nível individual, a não ser que estejam nos ângulos ou fortemente aspectados. Contudo, é lógico pensar que todos os planetas trabalham num mapa natal, embora o, façam de maneiras diversas.mundo, em contraste com a realidade e a eternidade do espírito.

Eliminação, renovação, regeneração, finais e começos são palavras-chave de Plutão. Por tudo isso, Plutão é um planeta obsessivo, cuja qualidade compulsiva nos impele a transformar-nos, a dirigir-nos para uma meta que ultrapassa as metas comuns, a transcender a qualidade humana para conseguir um estado do ser, cujo crescimento e esplendor não têm limites.

Urano possui a centelha capaz de nos despertar de nossa habituai letargia e Netuno proporciona a mais elevada inspiração; no entanto, Plutão é aquele que nos dá a vontade indomável de que necessitamos para nos libertar de todos os nossos entraves e para seguir o nosso caminho particular.