sábado, 11 de junho de 2016

Mercúrio Retrógrado, por Martin Schulman.

MERCÚRIO RETRÓGRADO SÍMBOLO ESOTÉRICO

Tradicionalmente, tem sido atribuída a Mercúrio a posição de reger todas as formas de comunicação. Seu símbolo formado pelo Círculo do Espírito entre a meia-lua da Alma e a Cruz da Matéria mostra que o homem atinge a união entre estas três partes essenciais de si mesmo ao compreender como elas se integram em toda sua expressão criativa. A meia-lua, no alto, simboliza a Alma que está ativamente fluindo para o Espírito que, por sua vez, luta para se expressar exteriormente, expandindo suas ideias para dentro da Cruz da Matéria. Para que este processo funcione, o homem precisa alcançar a compreensão de que todo conhecimento vem do plano mais alto e gradualmente vai para o mais baixo. Quando o homem está em harmonia consigo mesmo, todo o seu conhecimento é originado em sua Alma e, então, penetrando em seu Espírito busca sua expressão exterior através dos movimentos de seu corpo e de suas reações ao corpo da forma que vê no mundo ao seu redor. Assim, a expressão do homem, bem como seu Espírito ou seu corpo, depende muito de sua percepção das coisas; e a percepção está sob o domínio da soberania de Mercúrio.

Como tal, o homem pode usar seu Mercúrio para sentir sua Alma, expressar seu Espírito ou satisfazer as necessidades de seu corpo. Ele pode se expressar ativamente, baseado inteiramente em sua Essência Divina e, desse modo, ver o mundo todo como a experiência da Alma em todas as coisas; ou pode procurar a expressão ativa de si mesmo através de seu Espírito e assim colorir sua percepção do mundo à sua volta como um vivido caleidoscópio de vida. Sua terceira possibilidade é procurar toda expressão para satisfazer suas necessidades físicas. Logo, ele pode ver o mundo à sua volta, como material e físico.

O homem completo é capaz de fazer tudo isto, mas a maioria dos indivíduos escolhe uma das maneiras de expressão como sendo superior às outras duas.

Quando Mercúrio é Retrógrado, a natural prioridade da Alma sobre o Espírito e sobre a Matéria torna-se invertida. O indivíduo está mais preocupado com a forma de sua vida bem como em compreender a forma de todas as coisas à sua volta. Então, através de sua percepção de que tais formas comprovem ou contradigam as ideias de forma que estabeleceu em si mesmo através de encarnações anteriores, ele reage no Espírito. Finalmente, quando a forma está satisfeita e o Espírito é ativado, ele alcança a satisfação com a forma e se permite sentir sua Alma.
É esta trindade de Alma, Espírito e Matéria que faz de Mercúrio o planeta mais importante no sentido de como um indivíduo apreende sua experiência total de vida.

MERCÚRIO RETRÓGRADO PERSONALIDADE

Quando Mercúrio aparece Retrógrado no horóscopo, a mente consciente do indivíduo é capaz de introduzir ideias na consciência universal de tempos anteriores. Geralmente, ele não tem consciência do que está fazendo, mas está ciente de que não é fácil fazer os outros entenderem tudo que sabe. Isto acontece, em parte, devido à inversão do símbolo de Mercúrio, no qual a importância da Matéria precede o Espírito e a Alma, e faz com que o indivíduo se preocupe com a forma de suas ideias e isto se torna um obstáculo à essência de seu conhecimento.

Além disso, seu comprimento de onda é ligeiramente diferente do resto da sociedade com respeito à sua vida mental. Os processos de pensamento tendem a se repetir como um disco interminável, e por isso a maioria das coisas que cria tem diferentes contornos ou formas, cópias carbono do que ele já fez. Quando fala, tem dificuldade para projetar as exatas imagens telepáticas que transmitam os significados de seus pensamentos e, assim, frequentemente se sente incompreendido e se pergunta por que os outros nem sempre veem as coisas da maneira como ele as vê.

Ele acredita estar mais afastado da sociedade do que uma pessoa com Mercúrio em movimento direto e, como consequência, tenta desesperadamente ter contato com os outros a ponto de, com freqüência, superenfatizar suas ideias até que elas se tornem realmente um aborrecimento para os que estão ao seu redor. Sentindo-se desconfortável na companhia de outras pessoas, ele tenta com afinco ganhar a aceitação dos outros, embora ao menor sinal de rejeição possa desistir muito facilmente. Finalmente, ele aprende que sua segurança esta em crescer mais separado e impessoal do que as pessoas com Mercúrio em movimento direto. Isto é frequentemente interpretado como "frieza", mas é apenas a vibração de Mercúrio Retrógrado, que é tão claramente desarmonioso com vibrações em movimento direto. Sob a parede aparente, este indivíduo é muito mais sensível do que a maioria das pessoas possa imaginar.

Uma vez ultrapassada a barreira da comunicação, existe uma grande quantidade de insight que vem de Mercúrio Retrógrado, e para facilitar isto, o indivíduo não deve tentar fazer com que a forma de sua vida encaixe nas ideias e opiniões dos que o cercam. Pelo contrário, ele pode achar mais satisfação sendo grato por sua maneira bastante singular de ver as coisas.
É interessante notar que houve muitos talentos musicais com Mercúrio Retrógrado. Talvez a consciência de suas dificuldades com as palavras os tenha levado a outra forma de comunicação que continha maior liberdade e mais níveis de sutileza mental e expressão emocional.

Nas áreas que requerem concentração, este indivíduo pode ser um excelente aluno, ainda que demore um pouco mais para compreender ideias e preceitos. No final, ele conhecerá o assunto mais completamente e com maior insight e profundidade do que o indivíduo com Mercúrio em movimento direto. Isto acontece porque ele literalmente não ignora nada. Nas áreas, de aprendizado, fica relutante em passar por cima de um assunto que o deixe em dúvida. Sem levar em consideração a impaciência dos outros alunos, ele constantemente voltará a uma questão passada até que a resposta fique clara.

Por vocação inata, gosta de História, onde o estudo da natureza do homem traz a compreensão de como podemos presumivelmente agir no futuro. Gostando de ensinar os outros através de seu senso de perspectiva diferenciado, ele tem a habilidade de nos fazer conscientes de detalhes passados necessários no presente a fim de recapturar e juntar peças de um quebra-cabeça, que de outra maneira poderiam faltar. Para consegui-lo, parece sempre estar lutando com o fluxo natural das coisas, o que o leva a ser mal compreendido pelos que lhe estão próximos. Isto provoca nervosismo e irritação, quando um acúmulo suficiente desencadeia sentimentos de separação daqueles de quem gostaria de estar perto.

Por estar trazendo consigo ideias do passado, esquecidas mas ainda úteis, tende a manter contato com indivíduos que estão se adiantando no futuro, tão depressa que vão perdendo muitas peças atrás deles. Ele pode preencher estas lacunas tão logo parem para ouvi-lo.
Lidando com diferentes períodos de tempo simultaneamente, o indivíduo com Mercúrio Retrógrado age como um funil e como um intérprete. Sempre há uma mensagem vigorosa, mas ele hesitará em transmiti-la a menos que, na ocasião, se sinta aceito.

Na área da sexualidade esta posição torna difícil estabelecer, com o sexo oposto, uma comunicação que flua suavemente. Em alguns casos, isto pode indicar homossexualidade, especialmente se houver quadraturas ou conjunções com Marte, Vênus ou Netuno, ou ainda se estiver na Oitava Casa formando qualquer aspecto com Urano.

MERCÚRIO RETRÓGRADO CARMA

O indivíduo com Mercúrio Retrógrado está aqui para vivenciar um Carma não resolvido, com respeito aos relacionamentos. Ele tende a reagir aos outros como se estes simbolizassem pessoas do seu passado. Assim, tem dificuldade em manter total concentração de sua consciência no "aqui e no agora".

Geralmente, isto se manifesta por dificuldades com a família e parentes, mas o problema de relacionamento está além da maneira de se comunicar com as pessoas; envolve também a percepção do universo como um todo. Muitas vezes há um problema inerente no Mercúrio Retrógrado, com respeito à visão do que poderia ser chamada de realidade invertida. O indivíduo tem dificuldade para compreender as verdadeiras relações básicas entre causa e efeito. Ele questiona a verdadeira essência da vida, ainda que frequentemente não possa ver as mais simples ligações entre coisas, circunstâncias e pessoas. Perdendo-se em pensamentos que estão além da compreensão, ele precisa aprender a se satisfazer com a simplicidade básica sobre a qual a vida está fundamentada. Ele está tão decidido a descobrir aquilo que está além da compreensão que quase sempre não percebe o óbvio.

A partir de um ponto de vista Cármico, este indivíduo precisa aprender a concentrar sua atenção na realidade do presente ao invés de perder a si mesmo em todos os revestimentos transparentes que apreende. Uma vez que o faça, será capaz de estabelecer um ponto de referência firme no aqui e no agora, através do qual todas as descobertas que fizer podem ser expressadas para o mundo exterior.