quinta-feira, 9 de junho de 2016

Os Aspectos entre os Planetas Lentos, por Catherine Aubier

A partir de Júpiter, o significado dos aspectos torna-se menos evidente, em razão do tempo que é necessário para que se formem. Pela sua duração, deve-se frequentemente considerá-los como "aspectos de geração", que marcam uma sociedade mais do que o indivíduo. Seria imprudente atribuir-lhes uma importância preponderante, exceto no caso em que ocupam, no Tema, um lugar privilegiado (por exemplo, no caso de uma angularidade).

Júpiter-Saturno

Conjunção: a restrição e a dilatação, fundindo-se, aniquilam o que poderiam ter de exagerado. É um aspecto de equilíbrio e de bom julgamento, de controle e afirmação. Se é dominante, pode facilitar o acesso ao poder.

Trigono, sextil: os mesmos significados. A pessoa tem um sentido agudo do necessário e sabe evitar as armadilhas do exagero.

Oposição, quadratura: a pessoa se sente de modo pouco confortável, oscilante entre o prazer da facilidade, o amor pelos prazeres e a atração por uma sabedoria construída sobre o rigor e o controle. Conforme o planeta que domina (por exemplo, por um jogo de regências ou uma angularidade), vai rejeitar um desses valores em proveito do outro, mesmo sendo incapaz de apagá-la de seu espírito. É um jocoso que se culpa e espera uma punição, ou o asceta frustrado que inveja os despreocupados.

Júpiter-Urano

Conjunção: o poder pela diferenciação. No melhor dos casos, pode produzir os meios de afirmar-se com independência, de impor comportamentos originais. No pior dos casos, acredita-se único e quer ser venerado como um deus.

Trígono, sextil: capacidade de se impor, enquanto indivíduo, e de se valorizar perante os outros.

Oposição, quadratura: o gosto pelo poder torna-se descontrolado e perigoso; a pessoa acha-se excepcional e sente como um ultraje cada acontecimento que a coloca no mesmo nível de seu ambiente.

Júpiter-Netuno

Conjunção: fusão da mística e da exaltação, a fé se impõe com doçura. O comportamento é indulgente, humano, caloroso e generoso. A defesa do ideal se constrói no respeito ao indivíduo, que não deve a ele ser sacrificado. É o aspecto do poder benevolente e caridoso — mas, ainda assim, poder.

Trigono, sextil: os mesmos significados.

Oposição, quadratura: a fé torna-se evanescente. A pessoa marcada por este aspecto deseja afirmar suas crenças e servir-se delas para obter poder ou autoridade. Do mesmo modo que Júpiter-Urano se tomava por Deus, arrisca-se a se achar o papa. Numa ótica mais modesta, a pessoa assume compromissos confusos, mostra-se inadaptada, atribui muita confiança aos outros e a si mesma.

Júpiter-Plutão

Conjunção: reunião de dois símbolos contraditórios: os deuses do Olimpo e o dos infernos não coexistem facilmente, a não ser para obter o poder absoluto e representar os "juizes supremos". Aí pode haver necessidade de submeter o mundo a uma vontade autocrática. Em certos casos, a pessoa pode achar-se portadora de uma "justiça imanente".

Trígono, sextil: os mesmos significados, mais matizados.

Oposição, quadratura: divórcio entre o superficial e a profundidade, gerando insatisfação e oscilações. A pessoa é incapaz de harmonizar-se com suas exigências e encontra-se sistematicamente frustrada. No melhor dos casos, pode afirmar-se lutando contra os mistérios plutonianos e, no pior dos casos, destruir as regras de uma sociedade.

Saturno-Urano


Conjunção: o rigor saturnino alia-se à necessidade de diferenciação de Urano. E o indício de uma vontade férrea que não se perturba nem um pouco com as contingências sentimentais ou emocionais. A pessoa particularmente resistente às influências exteriores tem uma grande força moral e uma lucidez sem falhas. Suas vias, como as do Senhor, são impenetráveis. Isso pode conduzir ao fanatismo, se o resto do Tema o confirmar.

Trígono, sextil: os mesmos significados. O risco de fanatismo é atenuado.

Oposição, quadratura: rigidez, firmeza, obstinação fria e lógica impermeável a todo sentimento, desprezo pelos outros. Isso pode, no pior dos casos, indicar uma tendência à paranóia.

Saturno-Netuno

Conjunção: o rigor funde-se aqui ao irracional. A intuição é sustentada pela lógica, os domínios impalpáveis são apreendidos com seriedade e lucidez. A imaginação e o raciocínio aliam-se sem se contrariar e desenvolvem as possibilidades de criação autêntica. A pessoa capta as coisas que escapam ao comum dos mortais, e sua vontade é de experimentá-las.

Trígono, sextil: os mesmos significados.

Oposição, quadratura: a imaginação e a razão, a experiência e o inexprimível entregam-se a um combate permanente no interior da pessoa, que se comporta ora de modo vago, ora de modo árido. Está na busca de uma autenticidade que lhe escapa o tempo todo.

Saturno-Plutão


Conjunção: a pessoa marcada. por esse aspecto possui intensa faculdade de percepção e reflexão, algo quase não-humano, que pode dificultar sua comunicação com os outros; aliás, não a procura e compraz-se em pensar e viver nas alturas.

Trigono, sextil: as faculdades da conjunção são vividas de forma positiva; a pessoa utiliza-as para encontrar sua verdade e ajudar os outros a ir além das aparências.

Oposição, quadratura: severidade nos limites da crueldade, impossibilidade de se comunicar, devido ao fato de a pessoa sentir-se única, inimitável, e acreditar que seus conhecimentos, sua sabedoria, são inacessíveis aos outros.

Urano-Netuno

Conjunção: a fusão do irracional com a capacidade de diferenciação traz um poder criativo intenso, apoiando suas forças na ligação harmoniosa entre a sensibilidade e a originalidade. As inspirações são engenhosas, inovadoras.

Trígono, sextil: os mesmos significados.

Oposição, quadratura: confusão, tendência a diferenciar-se por seus defeitos e não por suas qualidades, obstinação cega, dificuldade em reconhecer os próprios erros, exaltação, utopias.

Urano-Plutão

Conjunção: os mistérios plutonianos dirigem a originalidade uraniana por caminhos não explorados. A pessoa tem uma personalidade brilhante, secreta, original, mas não encontra facilmente as frestas que lhe permitirão tirar uma vantagem concreta disso. Seus questionamentos podem ser totais, vividos da noite para o dia: alimenta-se de transformações e exprime-se através delas.

Trígono, sextil: os mesmos significados.

Oposição, quadratura: a pessoa arrisca-se a cultivar suas diferenças até se excluir totalmente. Pode aproveitar-se disso para exercer um poder absoluto ou então escolhe retirar-se das agitações do mundo para emitir julgamentos sem apelação.

Netuno-Plutão

Conjunção: somente as pessoas particularmente evoluídas espiritual e intelectualmente poderão sentir e exprimir o lado positivo deste aspecto, a saber, compreensão instintiva das coisas obscuras, decifração dos mecanismos do inconsciente e do oculto.

Trígono, sextil: os mesmos significados.

Oposição, quadratura: as pulsões interiores podem ter um efeito destruidor ou desequilibrante. A pessoa pode comprazer-se na sombra, no enevoado. Em vez de acender luzes, apaga-as.