quarta-feira, 8 de junho de 2016

Urano nas Casas da Revolução Solar, por Alexandre Volguini.

Os efeitos de Urano nas Revoluções Solares manifestam-se antes por um acontecimento brusco, mas de curta duração, que por tendências gerais ou pelo ambiente no qual o sujeito vive durante o ano.

Urano na I Casa pressagia que um imprevisto qualquer ocorrerá na vida do sujeito. Se está afligido, é um indício de perigo de acidente, cuja causa será o nativo, caso ele esteja em conjunção com o Ascendente. Se, no tema natal, Urano estava numa Casa pessoal (I, III ou IX) ou se era o regente do Ascendente, esse planeta provocará interesses novos, a descoberta do amor por uma ciência - o gosto pelo ocultismo, por exemplo, que o sujeito ignorava completamente - ou uma inspiração ou iniciativa que orienta o pensamento, de forma durável, para uma nova direção.

Urano na II Casa prenuncia ganhos ou perdas inesperados e é indicador de flutuações financeiras muito mais fortes que aquelas marcadas pela presença da Lua nesta Casa. Com muita freqüência, essa posição de Urano, astro das surpresas e dos contrastes, indica uma importante mudança repentina na situação pecuniária ou instabilidade financeira durante todo o ano. Os maus aspectos retiram a possibilidade de aplicações seguras.

Urano na III Casa
prenuncia a possível presença de aborrecimentos no estabelecimento de contratos, escritos, acertos de contas ou nos deslocamentos. Bem aspectada, essa posição facilita os estudos das ciências (regidas por esse planeta: astrologia, ocultismo em geral, arqueologia, história antiga, ciências físicas, eletricidade etc.) e pode mesmo conduzir a uma descoberta pessoal. Afligido, ele leva sempre a temer algumas complicações inesperadas, devidas ao meio ambiente.

Urano na IV Casa provoca algumas mudanças súbitas e imprevistas na vida doméstica e inclina à mudança de domicílio; às vezes, ocorrerão choques com os pais (principalmente com o pai) ou um acontecimento importante que atinge estes últimos (observamos muitas vezes essa posição de Urano nos anos da morte dos pais ou da separação entre estes e o sujeito).

Urano na V Casa exalta as tendências sexuais e prenuncia, sobretudo nos temas masculinos, relações de amor passageiras, ligações precipitadas ou desfeitas e mudanças na vida sentimental. Se está afligido e retrógrado, ele marca, com freqüência, aborrecimentos decorrentes de uma antiga ligação. Nos temas femininos, essa posição parece relacionar-se particularmente com a menstruação irregular, com a gravidez inesperada ou indesejável, com os abortos e as complicações nas relações íntimas (que, muitas vezes, não passam de consequências desses elementos). Dignificado e bem aspectado, promete ganhos inesperados e o êxito nas especulações ou no jogo (algumas vezes, presentes apreciáveis); entretanto, caso receba algum aspecto maléfico, provoca adversidades. Nas crianças, refere-se a acontecimentos de sua vida estudantil.

Urano na VI Casa marca mal-estares ou doenças complexas, pouco comuns e dificilmente diagnosticáveis (ainda mais porque, muitas vezes, ele se relaciona com os erros de diagnóstico ou de tratamento). Se está bem aspectado, essas doenças podem ser facilmente curadas pelos métodos uranianos (eletricidade, massagens, magnetismo e todos os métodos mais ou menos heterodoxos e ultramodernos). Essa posição leva quase sempre a algumas complicações entre empregados e patrões.

Urano na VII Casa cria sempre o temor de algumas complicações bruscas advindas do cônjuge ou do associado, ou, ainda, de complicações na vida social, que apresentam uma repercussão durável sobre o curso do destino. Se está muito afligido, trata-se do perigo de ruptura ou de separação. Se o sujeito tem um processo, seu desfecho será mais ou menos inesperado; esse desfecho pode ser bom ou nefasto, de acordo com os aspectos do conjunto do tema.

Urano na VIII Casa, afligido, indica, algumas vezes, o perigo de morte. Em geral, essa posição indica notícias inesperadas de falecimento, complicações nas aplicações e a impossibilidade absoluta de entrar na posse de alguns de seus haveres.

Urano na IX Casa provoca, com freqüência, a mudança de opiniões, indica amiúde viagens, sobretudo aéreas (que serão perigosas, caso ele esteja afligido), e prenuncia uma mudança na família do cônjuge ou do sócio. Mal aspectado, parece relacionar-se com as desavenças provenientes dos parentes do cônjuge.

Urano na X Casa
prenuncia modificações inesperadas na situação ou nas ocupações profissionais. Algumas vezes, essa posição de Urano provoca mudanças de profissão, mas, na maioria das vezes, trata-se da repercussão, sobre a situação do sujeito, de acontecimentos de ordem coletiva - e mesmo de ordem nacional ou internacional - que não dependem absolutamente de sua vontade. Psicologicamente, é um indício da tendência às mudanças e às variações no que diz respeito à profissão, com a exaltação das qualidades intuitivas. Com freqüência, é sinal de uma espécie de oscilação nos projetos, nas decisões a tomar e diante das virtualidades do destino. Trata-se da necessidade de compreender as ocasiões e as soluções quase que de improviso, sem longas reflexões, ou, melhor dizendo, independentemente destas. Bem aspectado, é a probabilidade de êxito que sobrevém de uma forma bastante extraordinária. Afligido, é o anúncio do perigo de uma crise moral ou física (ou até mesmo da morte) para a mãe do sujeito.

Urano na XI Casa conduz sempre a uma mudança nos projetos do sujeito, assim como em suas relações ou amizades; algumas vezes, tal mudança de projetos depende de novos conhecimentos. Dignificado, pressagia uma nova amizade ou um conhecimento importante de um ponto de vista qualquer. Afligido, prenuncia desgostos complicados provenientes de amigos e aconselha a ser bastante prudente em relação a novos conhecimentos. Se o sujeito está doente, é prudente mudar de médico.

Urano na XII Casa
prenuncia aborrecimentos e complicações que dependem, na maioria das vezes, da Casa por ele governada (na Revolução Solar estabelecida no primeiro Capítulo, esta posição é responsável, em parte, pelos aborrecimentos profissionais, já que Urano é regente do Meio-do-Céu). Essa configuração leva geralmente a lutas e discórdias as mais inesperadas, provenientes, na maior parte das vezes, de inimigos, rivalidades, intrigas e conspirações. Evidentemente, a gravidade desses aborrecimentos depende do conjunto do tema.