quarta-feira, 8 de junho de 2016

Vênus nas Casas da Revolução Solar, por Alexandre Volguini.

O papel de Vênus numa Revolução Solar é muito importante para a felicidade íntima, sobretudo nos temas masculinos. Ela traz para a Casa que ocupa a sua influência doce, amável e agradável como o sorriso de uma jovem (exceto em Escorpião, no qual provoca ciúmes).

Vênus na I Casa, em termos psicológicos, parece agir como Júpiter, isto é, aumenta o otimismo e a sociabilidade. Sem maus aspectos, marca um ano fácil e estimula os êxitos mundanos.

Vênus na II Casa favorece as finanças e aumenta a sorte nos negócios, sobretudo em Touro, Libra e Peixes, ou bem-aspectada. Afligida por Marte, Júpiter ou Urano, cria o perigo da extravagância nos gastos e da desordem nos negócios.

Vênus na III Casa favorece as relações com o meio ambiente e parece ter uma importância específica nas Revoluções Solares das pessoas ligadas à literatura imaginativa e às artes.

Vênus na IV Casa conduz geralmente ao embelezamento do lar. Essa posição promete a ajuda advinda dos parentes e é, além disso, favorável a todas as pessoas cuja profissão se refere a essa Casa (agricultores, proprietários de imóveis, minas etc).

Vênus na V Casa acentua a sensualidade e favorece a vida sentimental, particularmente entre os homens. Ligada às Casas financeiras, ela promete êxito no jogo ou na especulação e leva a um ganho na loteria. É frequentemente encontrada durante os anos de nascimento das crianças.
É bom lembrar que Vênus ocupava essa posição na Revolução Solar de H. P. Blavatsky que precedeu o seu casamento, anunciando, por sua presença no signo de Libra (que é o signo inicial do casamento), seu futuro noivado.

Vênus na VI Casa, não-afligida, protege a saúde, os empregos e as relações com os empregados domésticos ou subordinados. Mal aspectada por Marte e Urano, ela leva a temer as doenças dos órgãos genitais ou dos órgãos próximos a essa região.

Vênus na VII Casa é um bom indício para a felicidade conjugai. Observamos várias vezes essa posição nas Revoluções Solares de casamento e associação. Contudo, sua retrogradação no momento do aniversário (como, de resto, a retrogradação de qualquer planeta) não permite que o casamento se realize no ano que se inicia ou, caso esteja muito bem-aspectada, leva esse casamento a realizar-se mais tarde do que a época desejada pelo sujeito.

Vênus na VIII Casa favorece os processos e as aplicações financeiras (exceto se se encontrar no signo de Escorpião).

Vênus na IX Casa pressagia viagens de recreação ou o desejo de realizá-las.

Vênus na X Casa, sem maus aspectos, favorece todos os significados dessa casa: a fama, os negócios, a posição social etc. Afligida por Saturno e Marte, Urano ou Netuno, ela denota o perigo de um escândalo, geralmente decorrente de relações amorosas.

Vênus na XI Casa facilita os êxitos mundanos, a realização dos desejos, das esperanças; parece marcar amiúde a amizade de uma jovem ou, de qualquer maneira, uma lisonjeira ou proveitosa amizade feminina e constitui, antes de tudo, a promessa de satisfações advindas dos amigos e das relações. É indício dos apoios ou encorajamentos femininos ou daqueles obtidos pelas simpatias femininas.

Vênus na XII Casa revela os sentimentos e desejos ocultos. Se está bem colocada e bem aspectada, ela preserva dos maus significados dessa Casa horoscópica, que é a mais infortunada de todas. Em Áries e em Escorpião, ou com um aspecto de Marte, denota a sensualidade insatisfeita e, consequentemente, aumentada. Como todo planeta na XII Casa, Vênus contraria, por essa posição, as suas promessas no tema natal; se, no momento do nascimento, ela estava na II, as finanças se ressentirão com isso; na III Casa, as relações com o meio ambiente serão menos boas etc.